HIV em cena

João Wady Cury

27 de julho de 2017 | 14h56

O aumento assustador do índice de adolescentes e jovens adultos com HIV no País trouxe aos palcos três peças sobre o assunto nos últimos meses. São elas Pobre Super-Homem, Avesso do Herói, em cartaz no Teatro Sérgio Cardoso, de 22 a 30 de julho, do dramaturgo canadense Brad Fraser, mas também inspirada na obra de Caio Fernando Abreu; Lembro Todo Dia de Você, no Teatro do Núcleo Experimental, na Barra Funda, musical com direção de José Henrique de Paula; e Coração Purpurinado, de Ricardo Corrêa, com a companhia Artera de Teatro, na Oficina Cultural Oswald de Andrade, em temporada gratuita até 5 de agosto. É sempre bom lembrar que o índice de contágio de HIV mais que dobrou nos últimos dez anos entre jovens de 15 a 19 anos; existem hoje no Brasil 112 mil pessoas que não sabem ser portadoras do vírus.

Tendências: