Encaixotando o teatro

João Wady Cury

07 Dezembro 2018 | 09h58

A cidade teve um ganho há pouco mais de um ano e meio com a construção de um teatro, na região da Luz, formado por onze contêineres marítimos, da companhia Mungunzá. A trupe, que este ano completa dez anos de atividade, já recebeu em seu espaço mais de 60 mil pessoas para os 64 espetáculos apresentados ali em 272 apresentações – sem contar peças infantis, shows musicais, oficinas e debates. As comemorações vão até dezembro da melhor maneira que um teatro pode comemorar: apresentando as peças da própria da Mungunzá. Até dia 12, segunda, está em cartaz Poema Suspenso para uma Cidade em Queda, seguida de um dos maiores sucesso do grupo, Luis Antonio – Gabriela, de 16 a 26 de novembro, que já fez mais de 400 apresentações, e Porque a Criança Cozinha na Polenta, de 30 de novembro a 10 de dezembro.