Ela, agora, é ele

Ela, agora, é ele

João Wady Cury

26 Maio 2017 | 18h58

Foto: MARCOS D’PAULA/AGENCIA ESTADO/AE

Ele voltou, como sempre volta há mais de 400 anos. Só que, agora, de um jeito meio diferentão: ele será ela. O ela em questão se refere à premiada atriz paranaense Patrícia Selonk, que vai encarnar nos palcos o príncipe da Dinamarca, Hamlet, aquele angustiado sobre pernas, a partir de 16 de junho. Além dela, outros seis atores estarão na montagem da Armazém Companhia de Teatro, com direção de Paulo de Moraes, que estreia no CCBB do Rio de Janeiro. É uma adaptação, claro, até porque o texto original do bardo exigiria 30 atores e três atrizes no elenco. A encenação promete, como sempre acontece com as peças da dupla Moraes-Selonk. Se estiver no Rio, não perca. É diversão certa.