Brasil profundo para subir ao palco

Brasil profundo para subir ao palco

João Wady Cury

28 de janeiro de 2019 | 16h06

Quarta-feira, 30, abrem-se as inscrições para a residência com o diretor e ator francês Vincent Macgaine, que é gratuita e ocorrerá de 25 de fevereiro a 18 de março. Podem participar do workshop atores e atrizes profissionais brasileiros para uma jornada de conhecimento e arte em busca de responder perguntas básicas: Como definir um país corroído pelo ódio, pela intolerância e pelo descrédito no outro? Quando o ideal de sociedade, se existiu em algum momento, começou a ruir? Qual o sentimento, a sensação física, a impressão latente que os novos tempos têm provocado?

Pelo tom, Macgaine não vem para brincadeira. É a hora mesmo de botar o dedo na ferida e ver florescer nos palcos a reação.

A carreira do ator é muito forte no cinema francês. Não é à toa que é apontado como o sucessor de Gerard Depardieu — as semelhanças são grandes; em alguns anos Macgaine é onipresente e chega a participar de cinco filmes. Tem duas indicações ao César, mais importante prêmio do cinema francês, e uma ao Molières, para o teatro.

 

Residência: de 25 de fevereiro a 18 de março, segunda a sábado, 14h às 20h. 

Inscrições: de 30 de janeiro a 11 de fevereiro.  

Participantes: 10 ou 12 atores e atrizes profissionais (no primeiro dia haverá uma audição para até 25 pré-selecionados.)

Inscrições: A partir de 30 de janeiro no site do evento, www.mitso.org/2019

 

 

Tendências: