Bitita vem com tudo

Bitita vem com tudo

João Wady Cury

05 Novembro 2018 | 19h35

A atriz Andréia Ribeiro, como Carolina Maria de Jesus em “Diário de Bitita”. FOTO LUIS TEIXEIRA MENDES

 

Estreia sexta, 9, no Arthur Azevedo, Diário de Bitita, peça que é resultado de três anos de pesquisa sobre a vida e a obra da escritora mineira Carolina Maria de Jesus (1914-1977) – favelada, negra, catadora de papel e mãe solteira, que teve reconhecimento internacional por sua obra no exterior antes mesmo de ser aceita no Brasil. Com a atriz Andreia Ribeiro na pele de Carolina, o texto é uma adaptação das obras Quarto de Despejo e Diário de Bitita, e tem na direção Ramon Botelho. Carolina estudou apenas dois anos do primário e se transformou numa grande escritora, traduzida em mais de 40 países. Continua desconhecida por aqui.