3 Perguntas para Ney Piacentini

3 Perguntas para Ney Piacentini

João Wady Cury

24 de agosto de 2017 | 12h19

Foto: BobSouza

 

Ney Piacentini é ator e integra a Companhia do Latão.

 

1. Frase arrebatadora.

“Teria sido um tempo maravilhoso se a desordem tivesse durado um pouco mais”. Personagem Azdak, em O Círculo de Giz Caucasiano, de Bertolt Brecht. e fiz no O CÍRCULO DE GIZ CAUCASIANO. Sempre que eu a dizia me emocionava. Era pública e política, por se referi aos raros momentos da história em que algumas sociedades tiveram experiências revolucionárias. Embora eu também a tomasse para mim, como quem se lamentasse por não ter ousado mais neste lindo e triste mundo que nos cerca.

 

2. Como gostaria de morrer em cena?

Numa peça cujo tema fosse a dolorida beleza da existência.

 

3. Situação inusitada.

Desde momentos apreensivos com colegas que passaram mal no palco, mas seguindo até o fim, o que também já aconteceu comigo, até improvisar os quinze minutos finais de um espetáculo totalmente no escuro depois de uma queda de luz no espaço onde estávamos apresentando.

 

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: