Villa-Lobos: Feliz Aniversario!

Alvaro Siviero

05 de março de 2012 | 19h50

 

Confesso que foi grande minha alegria (e surpresa!) ao verificar hoje, no google, uma homenagem ao grande artista brasileiro Villa-Lobos pelos seus 125 anos de nascimento. Dia de festa!

Ainda jovem, “Villa” (como muitos o chamamos) recebeu de seu pai Raul Villa-Lobos,  o que seria seu primeiro violoncelo, instrumento ao qual especialmente se devotou. Após o falecimento de seu pai, quando o jovem Heitor Villa-Lobos contava com apenas 12 anos de idade, foi este o instrumento escolhido por ele para tentar “ganhar a vida” nos bares, teatros e bailes da cidade do Rio de Janeiro, cidade onde nasceu e morreu. Carioca da gema, portanto, mas de coração universal. Seu corpo, que se encontra no cemiterio São João Batista, é alvo de muitos visitantes. Fui um deles faz pouco. E fiquei ali por um longo tempo, em oração, de olhos fechados. Eu não estava diante de um homem qualquer.

Deixo aqui minha homenagem a este grande artista apoiando-me, como ele o fez, no violoncelo. A Orchestre Du Violon Sur Le Sable, inteiramente composta por violoncelos, e interpretando a bela ária da Bachiana n.5, tange o inefável.

Tudo o que sabemos sobre:

Villa-Lobos

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: