Uma entrevista descontraída

Alvaro Siviero

06 de junho de 2012 | 18h24

Nesta semana, em companhia do Leandro Gardini, conversamos extensamente sobre música. Falei muito do que penso. Falei sobre o que é a responsabilidade de ser um artista. Falei também do sagrado que é trabalhar com música. Há quem possa pensar diferente, o que é muito bom. Mas falei o que penso. Falei muita coisa…

Fazer música não é um hobby. Música não é profissão: é entrega.

Quando o programa “Trilhando Clássicos” encerrou – o tempo havia se esgotado – havia ainda uma série de tópicos programados para essa conversa que ficaram por ser tratados. O assunto é denso.

De fato, como diria uma pessoa que muito respeito – e estou cada vez mais convencido disso – a Música é infinita como o Universo.

 

Álvaro Siviero: O mundo do piano

Tudo o que sabemos sobre:

Trilhando clássicos

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.