Mostra de São Paulo terá retrospectiva de Eduardo Coutinho e será encerrada com documentário sobre Fellini
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Mostra de São Paulo terá retrospectiva de Eduardo Coutinho e será encerrada com documentário sobre Fellini

Adriana Plut

06 de outubro de 2013 | 01h32

Quem deixou de ver clássicos de Eduardo Coutinho nas telas dos cinemas terá mais uma chance na 37a edição da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. Um dos maiores documentaristas brasileiros, Coutinho vai ganhar uma retrospectiva no festival em homenagem aos seus 80 anos. Entre os filmes que serão exibidos estão “Peões” (2004), sobre metalúrgicos que participaram do movimento grevista de 1979 e 1980 ao lado do então sindicalista Luís Inácio Lula da Silva, “Edifício Master”, que retrata moradores de um condomínio em Copacabana e o marco “Cabra Marcado Para Morrer” (1984), que teve suas filmagens interrompidas pela ditadura e, décadas depois, Coutinho contou história do filme que não pôde fazer. Serão mostrados também dois trabalhos realizados pelo diretor para o programa Globo Repórter, onde foi editor de 1975 a 1984: Teodorico o Imperador do Sertão (1978) e Seis Dias em Ouricuri (1976).

Trailer de “Cabra Marcado Para Morrer”, de Eduardo Coutinho

Coutinho fará dois encontros com alunos de cinema, um na FAAP e outro no CINUSP, e terá um novo livro sobre seu trabalho (com textos do próprio diretor e sobre ele) lançado na Mostra. Além de Coutinho, um dos maiores diretores de todos os tempos, o cineasta Stanley Kubrick, e o filipino Lav Diaz vão ganhar retrospectivas. O gênero não ficcional ganha papel de destaque também no encerramento do festival com o documentário “Que Estranho Chamar-se Federico – Scola Conta Fellini”, de Ettore Scola (a abertura na quinta-feira, 17, terá a exibição do filme “Inside Llewyn Davis”, de Joel e Ethan Coen). Exibido no último festival de Veneza, o filme faz um retrato de Federico Fellini, e terá três exibições no dia 31 de outubro, data que marca 20 anos do falecimento do grande diretor italiano

Trailer de“Que Estranho Chamar-se Federico – Scola Conta Fellini”, de Ettore Scola

A Mostra Internacional de Cinema de São Paulo vai exibir cerca de 350 títulos de vários países em mais de 20 espaços da capital paulista entre os dias 18 e 31 de outubro. Para ver a lista completa de filmes confirmados clique aqui . Veja abaixo as obras de Eduardo Coutinho que serão exibidas na Mostra.  

RETROSPECTIVA EDUARDO COUTINHO

ABC do Amor

As Canções

Babilônia 2000

Boca Do Lixo

Cabra Marcado Para Morrer

Edifício Master

Faustão

Jogo De Cena

Moscou

Mulheres No Front

O Fim E O Princípio

O Fio Da Memória

O Homem Que Comprou O Mundo

Os Romeiros De Padre Cícero

Peões

Porrada

Santa Marta – Duas Semanas No Morro

Santo Forte

Seis Dias Em Ouricuri

Seis Histórias

Teodorico, O Imperador do Sertão

Um Dia Na Vidal

Volta Redonda, Memorial da Greve

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.