As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Festival de Curtas de São Paulo reúne 71 documentários

Adriana Plut

21 de agosto de 2013 | 21h37

Com 400 filmes de 50 países diferentes, a 24a edição do Festival de Curtas de São Paulo tem muito para mostrar. Como a oferta é grande, é importante saber qual sessão vai te interessar mais. Por isso o blog .DOC organizou as mostras e submostras que trazem documentários, assim fica mais fácil escolher entre os nada menos que 71 curtas que representam o gênero neste festival, que começa nesta quinta (22.8) e vai até 30 de agosto. Vale lembrar que a entrada é grátis para todas as sessões. Para ver a programação completa: http://www.kinoforum.org.br/curtas/2013/programacao-completa .

* As sinopses dos filmes são do Festival de Curtas

Programas Brasileiros

Dividido em seis mostras (Mostra Brasil, Panorama Paulista, Cinema em Curso, Formação do Olhar, Mostra KinoOikos e Oficinas Kinoforum), traz um panorama da produção brasileira atual.

Mostra Brasil

A QUEIMA

Em noite de queima, Macário surge para impedir o fogo.      Diego Benevides

CÂMARA ESCURA

Quando as imagens dos objetos iluminados penetram num compartimento escuro através de um pequeno orifício e são recebidas sobre um papel branco situado a uma certa distância desse orifício, veem-se objetos invertidos com suas formas e cores próprias.  Marcelo  Pedroso

MAURO EM CAIENA

“Admiro pra caramba essa capacidade, Mauro. De se transformar em outra coisa. Como um dinossauro ou uma lembrança.”    Leonardo Mouramateus

NO INTERIOR DA MINHA MÃE

Uma viagem para a cidade do interior da minha mãe.           Lucas Sá

SANÃ

No interior do estado do Maranhão, um menino e suas buscas pela imensidão da paisagem.           Marcos Pimentel

THE RUIN MACHINE

Uma arqueologia fictícia criada ao redor das intervenções urbanas em Londres e do Rio, no âmbito das Olimpíadas: objetos escavados, destruição e um documentário sobre o irresistível impulso humano de construir ruínas.         Bruno Vianna

TIM, VOU FAZER COM O QUE TÊM

Deixando mais dúvidas do que respostas, o diretor leva ordem ao caos no estilo de seu personagem, para compor um retrato do cineasta Timóteo Gerlach Neto.   Ricardo Machado

TRANSMUTAÇÃO

O fogo liquefaz o que é sólido. O fogo derrete as ilusões da existência.   Torquato Joel

AS SETE MORTES DE PEDRO, O GAROTO QUE COLECIONAVA CAVEIRAS

Com voz e olhos estrangeiros, uma narrativa sobre a miséria de um vilarejo esquecido por Deus, onde um menino sem perspectivas descreve as formas como a vida se dissipa e se exaure no Nordeste brasileiro.             Fabricio Brambatti

COHAB

Meu prédio: o horizonte, as crianças, os amigos, os blocos. Um dia sóbrio no bairro do Capão Redondo, periferia de São Paulo.

Lincoln Péricles

O INVERNO DE ŽELJKA

A lenda conta que os Zvon?ari afugentaram os invasores Tártaros e Turcos. De acordo com a lenda, os pastores colocaram máscaras em suas cabeças, sinos em seus cintos, e produziram um barulho ensurdecedor que amedrontou e expulsou seus inimigos.         Gustavo Beck

RETRATO N. KRAHÔ

Na aldeia Cachoeira, território Krahô, durante visita da Funai, a questão da aposentadoria é discutida e os direitos e uma identidade nacional são questionados.         Edu  Ioschpe

UM DIÁLOGO DE BALLET

Um senhor e um jovem acordam. O tempo passa. E para.      Marcio Reolon;Filipe Matzembacher

Panorama Paulista

A VOZ DO POÇO

A partir da figura central de um poço, o filme se arremessa para dentro das incertezas das memórias de infância. A palavra se faz crença em um universo em que a figura do boi se faz mítica.            Patricia Black

MEMÓRIA DE RIO

Destino, predestinações… meu destino.

Estas águas

Do meu Tietê são abjetas e barrentas,

Dão febre, dão morte decerto, e dão garças e antíteses.       Roney Freitas

O PROUSTIANO DE OSASCO

Necésio mora em Osasco e trabalha em São Paulo. Gasta diariamente em torno de 4 horas de ônibus para ir e voltar do trabalho. Ele faz esse percurso lendo e relendo a obra “Em Busca do Tempo Perdido”, de Marcel Proust.           Marcos Fábio Katudjian

OBSERVADORES DE SACI

Três observadores levam a equipe do documentário para a mata e mostram por que acreditam em sacis.  Issis Valenzuela

TANGO

O que leva as pessoas às corridas de cavalos? Diversão, ganância ou gosto pelo risco e suas implicações financeiras, morais e espirituais. Um mosaico de opiniões sobre o assunto.         Louis Robin

A GUERRA DOS GIBIS

Nos anos 1960, surge uma criativa produção de quadrinhos eróticos no Brasil. A censura, porém, conspirava para o seu fim. Satã, Chico de Ogum, Maria Erótica e outros personagens se unem aos quadrinistas na batalha contra a ditadura.      Thiago  Mendonça; Rafael Terpins

BOI FANTASMA

Uma representação lúdica do antigo Auto do Boi-Bumbá da tradição oral de Parintins, que desapareceu na década de 1960 sem deixar registros visuais.     Rogerio Nunes;José  Silveira

Cinema em Curso

ESTÁTUAS VIVAS

Na agitação da megalópole de São Paulo há quem se preocupe com o espírito humano. Artistas que fazem com que você saia do tempo e entre no instante. Lembrar-se: “Ah, sim. Eu sou eu. Eu existo!”                 Mirrah Iañez

O PRACINHA DE ODESSA

Um retrato do ensaísta e tradutor de língua russa Boris Schnaiderman. A partir de diferentes abordagens cinematográficas, o filme o apresenta refletindo tanto sobre sua vida – a infância em Odessa, a participação na Segunda Guerra – quanto sobre sua obra como tradutor.        Luis Felipe Labaki

REDOMA

Um tímido em frente a uma câmera é uma combinação que parece difícil e provoca estranheza. O documentário acompanha a rotina de três artistas que convivem com a timidez e conseguem se expressar, cada um à sua maneira, através da pintura, da ginástica rítmica e da música.                Ana Levisky

Formação do Olhar

1º PILOTO EXCLAMAÇÃO APRESENTA COM A ARTISTA CAROLZINHA

Exclamação apresenta é um programa ainda piloto que pretende apresentar os artistas da zona sul de São Paulo. Cada artista em suas particularidades, em suas casas e seus momentos de arte, apresentando como é rico o universo periférico.         Ricardo Venturini

A EMPREGADA

O filme, mistura de ficção e documentário, faz um paralelo entre a seleção e a avaliação do trabalho de uma empregada doméstica e a escolha dos candidatos políticos, convocando o espectador a refletir sobre o exercício da cidadania.          Orlando Cesar Soares; Coletivo do CE Barão do Rio Bonito

ERA UMA VEZ… UM LUGAR CHAMADO CRACOLÂNDIA      Paulo Sergio Silva

JUVENTUDE E OCUPAÇÃO

Um registro da atual movimentação juvenil em torno da ocupação dos espaços públicos em Belo Horizonte. Diversos grupos e coletivos têm realizado ações que questionam o modo como as instituições públicas lidam e regulam os espaços públicos da capital de Minas Gerais.

Associação  Imagem Comunitária

MESTRE TITO E A CAPOEIRA SOCIAL

O vídeo é um capitulo do documentário produzido pelo coletivo do Bairro Petrópolis (Belo Horizonte), do Projovem Adolescente, que registrou vários atores sociais da regional do Barreiro, e encerrou com duas visitas à museus históricos de Belo Horizonte, com o objetivo de mostrar a história regional, mais antiga que a própria cidade

Francisco Vorcaro

NA LINHA DO SUBÚRBIO

Sara Oliveira; Ana Paula Oliveira

NÃO DEIXA CAIR

Através de depoimentos, o documentário retrata a intensificação da repressão policial dirigida aos artistas de rua nas regiões da Paulista e do Centro da Capital desde 2008.     Richard Stuart;Coletivo  Barra Funda

NO LIXÃO COM UMA CÂMERA NA MÃO

O que se pode aproveitar do lixo? Histórias? Amigos? Carinho? Sofrimento? Dignidade? Nega Jô e outros ex-catadores do Jardim Gramacho retratam suas experiências.  Angela Cristina;Miriam Conceição;Oficina VideoInteratividade  IE Governador Roberto Silveira

PARQUE DAS ÁGUAS E PROJETO GUERNICA

O vídeo é mais um capitulo do documentário produzido pelo coletivo do Bairro Petrópolis (Belo Horizonte), do Projovem Adolescente.            Francisco Vorcaro

RECICLADORES                       José Roberto Brito

SOU MÃE SOLTEIRA

O documentário relata a dura realidade de jovens mães solteiras do Morro da Fé na Penha, Rio de Janeiro.         Thatyana  Santiago;Coletivo  Vila Cruzeiro

VIDEOCLIPE LÁGRIMAS

Um casal entra em crise por que o homem decide entregar-se a sua paixão: o boxe. Mas a mulher dele sofre com esta decisão.            Coletiva Vídeo Acaia Olhares do Beco

XUPAPOYNÃG

As lontras invadem a aldeia para vingar a exploração e morte de seus parentes, caçados e devorados pelos humanos. Cabe às mulheres travar uma batalha para expulsar os invasores.                      Isael Maxakali

OLHAR CONTESTADO

Documentário aborda a Guerra do Contestado, conflagrada na região do sul do Brasil, cuja posse era disputada pelos estados do Paraná e Santa Catarina.

Fabianne Balvedi

CARREGADORES DO MONTE

Monte Serrat, cidade de Santos. No lugar de ruas, 402 degraus. Como subir com compras, eletrodomésticos e materiais de construção? Essa difícil tarefa fica a cargo dos “Carregadores do Monte”.           Cassio  Santos;Julio  Lucena

COPA PRA QUEM?

Um breve relato do cotidiano e história da Comunidade Viela da Paz, na Zona Leste de São Paulo, próxima às obras do futuro estádio do Itaquerão.

Jorge Lazarini;Daiane Araujo;Vinicius Brasileiro;Adriana Patricio;Oficina Tá Ligado

REALMENTE

A história de vida de um jovem chamado Juelleh, morador de Belterra, no Pará. Coletivo Belterra

Mostra Internacional

A STORY FOR THE MODLINS

(UMA HISTÓRIA PARA OS MODLIN)

Espanha

Depois de aparecer no filme “O bebê de Rosemary”, de Roman Polanski, Elmer Modlin fugiu com sua família para uma terra distante, onde ficaram trancados em um apartamento escuro por 30 anos. Dir.Sergio Oksman

NIET OP MEISJES

(DIRETO COM VOCÊ)

Holanda

Melvin tem um segredo: ele não gosta de garotas. Apesar de sua família saber, ele tem medo de contar aos colegas, pois acha que eles vão importuná-lo. Mas o que fazer quando a garota mais descolada lhe envia uma carta de amor? Dir. Daan Bol

ROGALIK

(ROGALIK)

Polônia

Viajando entre pessoas e objetos descobrimos um mundo em geral considerado feio e pouco atraente. Esta jornada onírica não é um sonho. Quem são as pessoas neste grande aquário? E qual é nossa posição em relação a elas? Dir. Pawel Ziemilski

LA NUIT DE L’OURS

(A NOITE DO URSO)

Suiça

Em uma noite na casa do Urso, os animais falam da vida…  Dir. Sam e Fred Guillaume

YELLOW FEVER

(FEBRE AMARELA)

Reino Unido

Uma exploração do sentimento de desconforto. A partir de lembranças e entrevistas, o filme foca a autoimagem de mulheres africanas e a busca quase esquizofrênica pela beleza imposta pela mídia.  Dir. Ng’endo Mukii

ALDONA

(ALDONA)

Lituânia

Na primavera de 1986, Aldona perdeu a visão sem motivo aparente. Os médicos alegavam que era provavelmente devido à explosão da usina nuclear de Chernobyl. No filme, ela caminha por um parque tocando o passado e o futuro.     Dir. Emilija Skarnulyte

MONTAÑA EN SOMBRA

(MONTANHA EM SOMBRA)

Espanha

Olhar poético sobre a imensidão entre o homem e a paisagem. À distância, esquiadores cruzam a montanha nevada.  Dir.Lois Patiño

NOUS SOMMES REVENUS DANS L’ALLÉE DES MARRONNIERS

(VOLTAMOS À ALEIA DAS CASTANHEIRAS)

França

A realizadora perdeu seus três tios. Ela volta ao cemitério onde estão enterrados. Entre antigos filmes de família em Super-8 e a deambulação pelo cemitério, uma prece pela lembrança, uma homenagem à presença invisível deles.      Dir. Leslie Lagier

Mostra Latino Americana

FELICIDAD

(FELICIDADE)

Cuba

Uma aproximação da vida cotidiana de Cuba, em uma tentativa de encontrar felicidade.        Dir. Jorge De León Amador

TODAVIA TRABAJANDO

(TRABALHANDO AINDA)

Argentina

Um documentário centrado em um telefonema entre um cineasta que vive na China e sua avó de 80 anos que mora sozinha em cima de sua padaria na Argentina. Ela teme o dia em que terá de parar de trabalhar e mudar de casa. Dir. Esteban Argüello

CARNE

(CARNE)

Colômbia

Ações isoladas e tangenciais em torno do sacrifício de um animal em uma celebração rural na Colômbia. Diferentes cenas funcionam como rumores sobre o fato incerto e perturbador, associado à imagem latente de um corpo destruído. Dir. Carlos Gomez Salamanca

LOS ANIMALES

(OS ANIMAIS  2012)

Argentina

Os animais desapareceram da vida cotidiana. Apesar de procurarmos por eles, aquele olhar que nos comunicava se extinguiu.  Dir.Paola  Buontempo

Programas Especiais

Black Brasil

ANICETO EM DIA DE ALFORRIA

A trajetória de um compositor, Fundador de uma Escola de Samba e militante no Cais do Porto: Aniceto do Império Serrano.    Zózimo Bulbul

PEQUENA ÁFRICA

Pequena África apresenta a Praça XI, a Central do Brasil, Gamboa, Saúde e bairro de Santo Cristo de hoje, e que eram conhecidos nos idos de 1850 até 1920 como “Pequena África”, por terem sido locais habitados por escravos alforriados no período imperial.   Zózimo Bulbul

REPÚBLICA TIRADENTES

“República Tiradentes” é uma homenagem principalmente à origem das gafieiras.      Zózimo Bulbul

Cachaça Cinema Clube

JORJAMADO NO CINEMA (1978)

O filme foi feito para um programa de televisão consagrado ao escritor Jorge Amado. Neste documentário, Jorge Amado é filmado em sua casa, rodeado por sua numerosa família; numa livraria, durante uma sessão de autógrafos de um de seus livros, em um cinema em Salvador, na avant-première do filme Tenda dos Milagres, de Nelson Pereira dos Santos, adaptação do livro homônimo de Jorge Amado.            Glauber Rocha

Estado Crítico – Direitos Humanos e suas Representações

 

SIMULACRUM PRAECIPITII – A VISÃO DO ABISMO

Acompanhando o trabalho do fotógrafo Alessio Ortu pelos labirintos da cracolândia paulistana, a procura de enxergar, nos semblantes devastados pelos efeitos do crack, não só os fantasmas que os devoram, mas também os vestígios de uma humanidade em estado de emergência.  Humberto Bassanelli Jr

LA OTRA

(A OUTRA)

Argentina

Um documentário sobre as alegrias e tristezas de ser uma travesti. Um registro sobre travestis e transformistas nos anos 1980 na Argentina.     Lucrecia Martel

Libercine

TRANSFORMER

(TRANSFORMER)

Colômbia

Brincar com o velho vestido e os saltos altos de mamãe dá a uma criança a liberdade para mudar de gênero.      Billy Muñeca

Mostra Infanto-Juvenil

LISBOA ORCHESTRA

(LISBOA ORQUESTRA)

França

Uma balada musical na cidade das sete colinas. Sobre os ritmos urbanos do dia, uma música original e hipnótica é composta a partir de amostras visuais e sonoras coletadas na capital portuguesa com a batida da cidade servindo de metrônomo. Guillaume Delaperrière

Pelos olhos de Raulino
MARACATU
Manifestação cultural, do grupo Maracatu Ilê Aláfia, do folclore pernambucano afro-brasileiro do grupo.           Gustavo Raulino;André Szilágyi

Por uns minutos a mais

LE JOUR A VAINCU LA NUIT

(O DIA VENCEU A NOITE)

França

Oito retratos, oito sonhos, oito fugas.    Jean-Gabriel Périot

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: