As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Confira os documentários do Festival de Cinema de Gramado

Adriana Plut

09 de agosto de 2013 | 15h46

A 41ª edição do Festival de Cinema de Gramado começa nesta sexta-feira (9) e vai até o dia 17 de agosto. Há representantes do gênero em todas as mostras competitivas: Longa Metragem Brasileiro, Longa Metragem Estrangeiro, Curta metragem Brasileiro e Curtas Gaúchos. Assista aos trailers dos documentários selecionados.

LONGA METRAGEM BRASILEIRO

Revelando Sebastião Salgado (2012) – RJ

Direção: Betse de Paula

“Revelando Sebastião Salgado” é o primeiro documentário brasileiro sobre um dos mais importantes e respeitados fotógrafos contemporâneos, reconhecido por seu estilo único de fotografar.

LONGA METRAGEM ESTRANGEIRO 

El Padre de Gardel (2013) – Uruguai

Direção: Ricardo Casas

Documentário sobre a vida de Carlos Escayola, que, entre 1860 e 1890, dominou a vida política e cultural de Tacuarembó, no interior do Uruguai. Foi fazendeiro e chefe político, construiu um teatro, conquistou muitas mulheres e deixou um grande segredo: um escândalo familiar que até hoje a cidade se recusa a comentar.

 

Venimos de Muy Lejos (2012) – Argentina

Direção: Ricardo Piterbarg

O grupo de teatro comunitário Catalinas Sur encena a chegada dos imigrantes à Argentina no século XX desde 1990, com a peça “Venimos de Muy Lejos”. O filme documenta a dramatização e apresenta ficcionalmente a vida dos filhos e netos dos imigrantes que se integraram ao país, construindo um bairro, uma escola, uma quadra de futebol, uma praça, um grupo de teatro até chegar a este relato.

 

CURTA METRAGEM BRASILEIRO

Sanã (2013) – MG

Direção: Marcos Pimentel

No interior do estado do Maranhão, um menino e suas buscas pela imensidão da paisagem.

 

Simulacrum Praecipiti (2013) – SP

Direção: Humberto Bassanelli

Acompanhando o trabalho do fotógrafo Alessio Ortu pelos labirintos da cracolândia paulistana, se revela sua procura de enxergar, nos semblantes devastados pelos efeitos do crack, não só os fantasmas que os devoram, mas também os vestígios de uma humanidade em estado de emergência. O fotógrafo desce às zonas infernais, conduzindo consigo o documentarista – uma alusão ao “Inferno de Dante” quando o poeta Virgílio conduz Dante ao inferno.

 

CURTAS GAÚCHOS 

As Memórias do Vovô (2013)


Direção: Cíntia Langie

19’ – Pelotas

Documentário que reúne relatos sobre a vida e obra de Francisco Santos, pioneiro do cinema no Brasil e realizador de “Os óculos do vôvô”, o filme de ficção mais antigo do País, do qual ainda restam fragmentos.

L’anime (2012)

Direção: Diego Urrutia

4’26’’ – Pelotas

Um documentário em animação sobre as histórias trocadas por diversos animadores com o diretor do filme, além de experiências pessoais.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: