Anima Mundi traz sessão dedicada aos documentários
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Anima Mundi traz sessão dedicada aos documentários

Adriana Plut

10 de agosto de 2013 | 14h18

Formada por oito curtas documentais, a sessão “Panorama Documentário” (ou “Panorama 8”) está entre as atrações do 21º Festival Internacional de Animação do Brasil, o Anima Mundi, em cartaz até este domingo (11.8) no Rio de Janeiro. No dia 14, próxima quarta-feira, o festival chega às salas paulistanas. Confira as datas, horários e os curtas desta sessão:

Rio de Janeiro

11 de Agosto (domingo)

Fundição Progresso – Sala 1

13:00: PANORAMA 8 (DOC)

São Paulo

Espaço Itaú de Cinema Augusta – Sala 3

16 de Agosto (sexta-feira)

14:30: PANORAMA 8 (DOC)

18 de Agosto (domingo)

20:30: PANORAMA 8 (DOC)

 

Debaixo do Travesseiro (2012) – Espanha

Bajo la Almohada 

 

Dir. Isabel Herguera

Tinta sobre papel; Computador 2D

Documentário animado feito com as vozes e os desenhos de crianças que vivem numa clínica na Índia. O violão, as danças,? a viagem até o mar, os gatos e as cuidadoras são alguns dos tesouros escondidos debaixo do travesseiro.

Gernika (2012) – Espanha

Dir. Angel SanDimas

Computador 3D

26 de abril de 1937. Nada parece indicar que a vida cotidiana será violentamente interrompida. Trabalhos de arte de José Luis Zumeta e Mikel Laboa evocam o bombardeio de Guernica.

 

Haegeumni (2012) – Coreia do Sul

 

Dir. joon-Su Seno

Computador 2D; Desenho sobre papel; Rotoscopia

Ela cresceu numa família rica ?em Pyongyang, Coreia de Norte, mas agora não sabe por que está sendo levada para um campo de refugiados para viver com o povo faminto do país.

 

Os Embustes Literários: Como criar um guru autor de best-sellers (2013) – França

Les Supercheries Littéraires: Comment créer un gourou auteur de best-sellers


Dir. Joris Clerté

Computador 2D

Em 1958, um visionário inglês publica sua autobiografia, dizendo ter sido criado por monges tibetanos que o submeteram a uma neurocirurgia para expandir sua consciência. Embora nada disso seja verdade, o autor se torna famoso no mundo todo.

 

Kiki de Montparnasse (2013) – França

Mademoiselle Kiki et les Montparnos

Dir. Amelle Harrault

Kiki de Montparnasse foi musa de grandes pintores de vanguarda do início do século XX, tornando-se rainha da noite, pintora, cartunista, escritora e cantora de cabaré.

 

Homem Velho (2012) – Estados Unidos

Old Man

Dir. Leah Shore

Técnicas mistas

Charles Manson recusava-se a estabelecer uma comunicação direta com o mundo externo por mais de 20 anos. Até agora.

 

Retratos de Viagens BRASIL: Candomblé (2013) – França

Portraits de Voyages BRÉSIL: Candomblé

Dir. Bastien Dubois

Técnicas Mistas

Um mestre de capoeira explica o candomblé, culto ancestral dos orixás, trazido da África para o Brasil pelos escravos.

 

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: