A coluna da semana

Estadão

05 de fevereiro de 2011 | 05h42

[Publicado no Sabático de 5/2]

.

***

.

BABEL

Raquel Cozer

EXPORTAÇÃO

Editores estudam mercados de Angola e Moçambique

Mercados ainda pouco conhecidos dos editores brasileiros, Angola e Moçambique serão este ano objeto de missões comerciais empreendidas pelo Brazilian Publishers, que busca ampliar a venda de livros nacionais no exterior. O projeto, fruto de convênio entre Câmara Brasileira do Livro (CBL) e Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), programou viagem para Angola de 25 a 29/4 e para Moçambique de 19 a 23/9, com presença de editores associados. Embora não estejam entre os oito territórios prioritários para ações do projeto – Alemanha, Argentina, Chile, Coreia do Sul, EUA, França, Japão e México –, os dois países africanos foram detectados como mercados para prospecção em ranqueamento realizado em 2009. A meta é entender demandas: a pesquisa prévia revelou, por exemplo, que casas locais só editoram material didático redigido pelo governo em vez de criarem conteúdos. “Dizem que Angola precisa de livros, mas será verdade? É o que vamos investigar”, diz Dolores Manzano, gerente do projeto.

QUADRINHOS-1
A turma sem fim da Mônica

Um dos maiores sucessos da Panini, a HQ  MSP 50 Artistas (2009), na qual 50 cartunistas criam histórias curtas com a turma de Mauricio de Sousa, não para de dar filhotes. Além da sequência  MSP + 50 (2010) e de ter sido selecionado para uso em escolas públicas este ano, o álbum inspirou coleção de graphic novels, a ser iniciada em 2012.

*

A Mauricio de Sousa Produções já pediu a um artista (cujo nome ainda não é revelado) o primeiro livro. A meta é lançar quatro títulos por ano, com tramas de 64 a 72 páginas cada um. Está definido que um dos primeiros terá história com Astronauta ou Piteco – ou com os dois, numa viagem no tempo. Cada quadrinista assinará sozinho um livro, mas o acompanhamento de roteiro, segundo Sidney Gurman, da MSP, será muito mais intenso do que nas histórias curtas.

*

Antes disso, na Bienal do Rio, em setembro, sai nos moldes das HQs anteriores o livro MSP Novos 50, que terá entre as tramas uma protagonizada por ninguém menos que Xaveco, o eterno coadjuvante – ideia de Pablo Carranza. O sucesso por aqui estimulou também a Panini a distribuir os dois primeiros livros da série em Portugal, o que deve acontecer em breve.

.

Turma da Mônica por Rafael Grampá, no MSP + 50

.

Turma da Mônica por Tiago Hoisel, na HQ MSP + 50

.

QUADRINHOS-2
Palestina reeditada

Esgotados há seis meses, os dois livros  Palestina, de Joe Sacco, ganharão reedição em volume único, com capa dura e mais de 20 páginas extras, incluindo textos e fotos da pesquisa feita pelo jornalista e quadrinista maltês. A Conrad pretende lançar a tempo da Flip, da qual Sacco participa, em julho.

CINEMA
Entre o livro e a tela

Os livros A Guerra dos Bastardos e Entre Rinhas de Cachorros e Porcos Abatidos, de Ana Paula Maia, estão sendo adaptados juntos para o cinema. A autora, por sua vez, escreve com Guilherme Weber o roteiro de Santa Maria do Circo, baseado na obra do mexicano David Toscana. Weber dirigirá o longa.

*

Em março, a escritora carioca volta às livrarias com o romance Carvão Animal.

ACADEMIA
Uma aula de Crepúsculo

Os vampiros emo de Stephanie Meyer chegaram à academia. O curso de introdução à ficção da Universidade do Estado de Ohio incluiu Crepúsculo, junto com Frankenstein e Drácula, no programa de estudos. A meta é analisar textos que usam a “sedução” com o intuito de “criar experiências de leitura particulares”.

INTERNET-1
Surpresa eletrônica

O minguado catálogo de e-books em português na Amazon guarda surpresas entre as traduções de clássicos. Obras de Dostoiévski aparecem com “Paulo Besera” como tradutor, a US$ 6,99 cada uma. Quem arrisca a sorte, na esperança de que seja erro de digitação do site americano, e compra O Idiota recebe no Kindle a versão de José Geraldo Vieira (1897-1977), feita em 1952 do francês, e não do russo.

*

Os livros são “editados” por uma tal Legatus, que vende várias outras traduções na Amazon e não tem endereço para contato na rede. “Vou me informar e vou processá-los”, diz Paulo Bezerra, que verte pela 34 as obras completas de Dostoiévski – está a sete páginas de terminar O Duplo, previsto para junho, e depois se dedicará a O Adolescente.

INTERNET-2
Leituras Sabáticas

No terceiro vídeo da série de leituras on-line do Sabático, que já teve Lygia Fagundes Telles e Milton Hatoum, a escritora gaúcha Manoela Sawitski lê trecho de seu romance Suíte Dama da Noite. No endereço  estadao.com.br/e/s2.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.