Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Uso do celular faz crescer consumo de mídia na América Latina

Televisão

Cultura

ESPN

Uso do celular faz crescer consumo de mídia na América Latina

A opção de se ver TV pelo celular não reduz o hábito de se ver TV pelo televisor, como já se imaginava. Daí a certeza de que a TV móvel só faz crescer o número de horas de consumo de conteúdo televisivo, dando ao cidadão a chance de assistir à TV em ocasiões que ele antes não podia. Um estudo de crossmedia feito pelo instituto GfK para a ESPN na América Latina, incluindo o Brasil, endossa essa tese. Calcula-se que o público está consumindo 19 horas semanais a mais de mídia – um terço do bolo total – graças às telinhas móveis. No México, cada cidadão continua vendo, em média, 20 horas de TV por semana, mas o consumo de mídia aumentou de 41 horas, em 2012, para 57 horas, em 2015.

0

Cristina Padiglione

08 Março 2016 | 02h26

Passagem de bastão. Na 7ª temporada de Detetives do Prédio Azul (D.P.A), programa que nasceu com o canal Gloob, em 2012, Tom (Caio Manhente) e Capim (Cauê Campos) passam suas capas para uma nova geração de investigadores – Pippo (Pedro Henriques, 9 anos) e Bento (Anderson Lima, 11 anos). É a primeira troca de protagonistas do programa. Estreia em 4/4.

A inexplorada Serra da Mocidade, em Roraima, região da floresta Amazônica, é o cenário do documentário Novas Espécies, que manteve um grupo de 70 pessoas – sendo 50 cientistas – por 25 dias no local, em busca de espécies ainda desconhecidas da fauna e da flora.
Da brasileira Grifa Filmes, com direção de Maurício Dias, o documentário tem coprodução da Filmland com Globo Filmes, Globo News, além da produtora Gebrueder BEETZ e dos canais Arte e ZDF (Alemanha). O doc pretende honrar uma agenda nos cinemas antes de chegar à TV, aqui e na Alemanha.
Em tempo: ‘Novas Espécies’ tem apoio do Inpa (Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia) e do Exército brasileiro.
'O Hipnotizador’, primeira série bilíngue da HBO, estreia nos Estados Unidos no dia 1.º, no canal HBO Latino. Já foram vistas por lá as séries nacionais Psi, O Negócio e Magnífica 70.
Roteiraria é o nome da escola de roteiristas que abre suas portas no dia 12 de abril, na Avenida Paulista, sob o comando de José Carvalho, roteirista que tem mais de 30 anos de ofício e mais de 14 longas no currículo – como Castelo Rá-Tim-Bum e Bruna Surfistinha.
Delfim Neto, Abílio Diniz, Pedro Malan, Armínio Fraga, Miriam Leitão, Boris Fausto, Roberto Setúbal e outros experts em finanças ajudam a contar as aventuras e desventuras do País em nova série na TV Cultura: Economia Brasileira – A História Contada por Quem a Fez. Estreia nesta quarta, às 22h.
‘Economia Brasileira’ tem dez episódios e criação do ex-ministro Maílson da Nóbrega e da jornalista Louise Sottomaior.
‘Filme B’, série de telefilmes que homenageia o cinema B em todos os seus aspectos, será case apresentado pela produtora Medialand para o Canal Brasil durante o RioContentMarket, que começa hoje.
19 pontos de audiência teve o ‘Domingão do Faustão’ no fim de semana, recorde do programa este ano, em São Paulo. Na Record, Rodrigo Faro também marcou seu maior saldo em 2016, com 11,4 pontos
!"A depressão que se instalou no Chico, muito séria, foi depois que ele saiu da televisão.”
Malga Di Paula, VIÚVA DE CHICO ANYSIO, A GUGU LIBERATO: NO AR NESTA 4ª, NA RECORD

publicidade

Comentários