1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Série 'Guerra e Paz' da BBC é criticada na Rússia

- Atualizado: 20 Janeiro 2016 | 09h 07

Nova adaptação inclui um incesto que não aparece no romance e por conter muitas cenas de sexo

 
 

Vários jornais russos criticaram a nova adaptação para televisão da BBC da obra de Tolstói Guerra e Paz, porque inclui um incesto que não aparece no romance e por conter muitas cenas de sexo.

Dirigida por Andrew Davies, a série de seis episódios estreou na BBC em 3 de janeiro e foi aclamada na Grã-Bretanha. Mais de seis milhões de telespectadores assistiram ao primeiro capítulo.

Segundo o site Fontanka.ru, a adaptação e suas inúmeras cenas de sexo são apenas "um clássico literário com decotes".

Um dos principais personagens femininos, a princesa Helene Kuragina usa à mesa um vestido tão apertado que parece que seus peitos "estão prestes a cair no prato", ironiza o site, com sede em São Petersburgo, cidade onde foram rodadas partes da série.

Também chamou atenção na Rússia uma cena de amor em cima da mesa e outra de incesto entre Helene Kuragina e seu irmão Anatol, que não aparece no livro.

A série não passa na Rússia, mas pode ser vista na web.

A revista cultural Afisha diz que "o romantismo de Tolstoi foi transformado em uma novela de Jane Austen". Para a revista, a série "se destina aos que não leram o livro e não têm a intenção de fazê-lo".

O programa já foi vendido para vários países europeus, assim como a Austrália, Israel e Estados Unidos, segundo a BBC.

 

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em CulturaX