REUTERS/Fred Prouser
REUTERS/Fred Prouser

Nova estrela de 'Doctor Who' espera que fãs aceitem primeira mulher protagonista

Jodie Whittaker, de 35 anos, faz o papel principal e ajuda a romper uma hegemonia que remonta ao início da série de televisão de 1963

Reuters

08 Agosto 2017 | 11h21

LONDRES - Jodie Whittaker, a primeira mulher a assumir o papel principal da emblemática série de ficção científica da rede BBC Doctor Who, expressou nesta segunda-feira, 7, a esperança de que os fãs acolham sua escalação como um símbolo da diversidade, ao invés de temerem a substituição de um homem.

Jodie, de 35 anos, rompe com uma tradição que remonta ao início da série de televisão de 1963, na qual o Doutor em questão é um homem que viaja pelo universo como "lorde do tempo" em uma cabine telefônica para proteger os fracos e combater alienígenas maus.

"Espero, sabe, que meu gênero não seja uma coisa que dê medo nos fãs", disse a atriz à BBC em sua primeira entrevista desde que o elenco foi anunciado no mês passado.

"Neste mundo em particular não há regras, e isso é ótimo, sabe, então torço, torço para que todos estejam animados, tão animados quanto eu estou", acrescentou.

Sua escolha foi avaliada de forma positiva pela maioria dos fãs e comentaristas, mas nas redes sociais houve quem argumentasse que o papel não deveria se interpretado por uma mulher. Jodie disse que não soube das reações por não ser usuária de redes sociais.

Ela espera que, no final das contas, sua escalação ajude os fãs do seriado a acolher a diversidade.

"Agora podemos dizer a meninos e meninas que as pessoas que se pode admirar, ou os personagens que você ama, não têm que ser necessariamente como eram antes, sabe, podemos celebrar o fato das diferenças."

Ela disse à BBC que acredita que conseguir o papel será "uma bênção e uma maldição", e demonstrou a esperança de que o interesse da mídia por sua vida pessoal diminua: "Ela não é muito empolgante", afirmou.

Doctor Who é um dos programas roteirizados mais populares da rede britânica e inspirou seguidores dedicados em vários países, o que inclui clubes, convenções e publicações de fãs. Ela será a 13ª versão do personagem.

Whittaker substitui o ator Peter Capaldi, que desempenhou o papel principal da série desde 2014.

Mais conteúdo sobre:
Doctor Who Televisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.