MySpaceTV estréia série exclusivamente pela web

'Roomates' conta história de quatro mulheres de 20 e poucos anos; usuário pode alterar trama

Bob Tourtellotte, Reuters

22 Outubro 2007 | 18h18

A MySpaceTV, a ala de vídeo da rede comunitária online MySpace, lançou na noite deste domingo, 21, seu primeiro seriado original na web, para oferecer aos usuários uma experiência semelhante à televisão, mas acrescida dos benefícios interativos da internet. Roommates vai acompanhar as vidas de quatro mulheres na casa dos 20 anos que se formaram recentemente na faculdade e vivem juntas em Los Angeles. O programa vai estrear nesta segunda-feira, 22, e continuar até 21 de dezembro, com um total de 45 episódios. Haverá um novo episódio de três minutos diariamente, de segunda a sexta-feira. A expectativa é que os fãs interajam com os personagens e influenciem a trama. Jeff Berman, gerente geral do MySpaceTV, disse: "Haverá oportunidades de interagir com o programa de maneiras diferentes do que já foi visto até agora". Roommates vai empregar uma "ferramenta de pesquisa de opinião" em tempo real que vai buscar as opiniões dos espectadores sobre personagens e trama. Os fãs poderão bater papo online e postar comentários sobre os perfis individuais dos personagens. As informações serão lidas, e a trama modificada de acordo. Berman disse que a MySpaceTV e a produtora do programa, Iron Sink Media, já têm episódios suficientes para fazer o seriado começar, e que os capítulos futuros serão filmados à medida que a história avançar. A Iron Sink já produziu outros seriados na web baseados em Los Angeles, incluindo WeHoGirls e VanNuysGuys. Com o sucesso dos sites de partilha de vídeos, como o YouTube, a web é vista como a mídia emergente em que os anunciantes podem encontrar os espectadores que antes poderiam ser encontrados assistindo à TV. Programas na web como LonelyGirl15 e Prom Queen já têm bases de fãs fiéis entre o público teen e adulto jovem.

Mais conteúdo sobre:
TV MYSPACE DRAMA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.