Leon Hirszman e seu Graciliano para não esquecer

Comentário do crítico de cinema do 'Estado' sobre o filme do dia na TV

Luiz Carlos Merten, O Estado de S.Paulo

17 Junho 2014 | 02h07

São Bernardo

12 H NO CANAL BRASIL

Brasil, 1972. Dir. de Leon Hirszman, com Othon Bastos, Isabel Ribeiro, Nildo Parente, Mário Lago.

Imenso Graciliano Ramos - inspirou somente grandes filmes. Vidas Secas, São Bernardo e Memórias do Cárcere. O sentimento de propriedade de Paulo Honório mina sua relação com a mulher. A tragédia é inevitável. Impressionante, de ponta a ponta, mas o plano-sequência final é antológico. E Isabel Ribeiro, como Madalena, entrou para o panteão das maiores atrizes brasileiras. Reprise, colorido, 114 min.

VEJA TAMBÉM

Sem Lei sem Alma

(Gunfight at the OK Corral). EUA, 1957. Dir. de John Sturges, com Burt Lancaster, Kirk Douglas. Western. TCM, 16h35. Colorido, 122min.

Mais conteúdo sobre:
Filme do dia Televisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.