1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Colegas lamentam a morte de José Wilker

O Estado de S. Paulo

05 Abril 2014 | 12h 51

Após a notícia do falecimento de José Wilker, amigos comentaram sobre a relação que tinham com o ator. Em entrevista ao canal de TV a cabo Globo News, colegas de trabalho lembraram da relação que tinham com ele.
 
Maria Beltrão destacou a tranquilidade de Wilker durante as apresentações da cerimônia do Oscar. A paixão que ele tinha pelo cinema, segundo ela, minimizava os erros de um programa ao vivo.
 
Renata Sorrah lembrou do grande legado que Wilker deixa para o teatro. A atriz contracenou e foi dirigida pelo colega e disse que o ambiente nos camarins era ótimo: "Ele sabia muito de cinema, mas também de vida".
 
Wolf Maya disse que a TV brasileira perdeu um artista que é um precursor, que inova sempre que pode e que tinha um texto de humor impagável.
 
Os amigos também lembraram do bom humor do ator. Dennis Carvalho, que dirigiu o programa Sai De Baixo ao lado de Wilker, disse que guarda grandes alegrias pelos momentos em que trabalharam juntos.
 
No momento de sua morte, ele estava em casa com a namorada, a jornalista Claudia Montenegro, quando se sentiu mal - não teve tempo de ser hospitalizado. Ele deixa duas filhas, Isabel, com a atriz Mônica Torres, e Mariana, com a atriz Renée de Vielmond.


by .

 

Desliguei os telefones todos. Não quero que me perguntem o que achei da morte dele. Estou triste. Morri um pouco. Não sei o que dizer!

— aguinaldo silva (@aguinaldaosilva) 5 abril 2014 5 abril 2014
  • Tags: