Alejandro Lipszyc
Alejandro Lipszyc

Buenos Aires é protagonista em nova série da HBO

‘O Jardim de Bronze’, segunda produção argentina do canal pago, tem suspense e história de superação

Pedro Rocha ESPECIAL PARA O ESTADO, O Estado de S.Paulo

18 Junho 2017 | 04h00

Com suspense e cheia de elementos hollywoodianos, a nova série do canal pago HBO da América Latina, O Jardim de Bronze, estreia no próximo domingo, 25, às 21h. Essa é a segunda produção do canal na Argentina. Nela, em meio à investigação do desaparecimento de uma garota, a cidade de Buenos Aires se torna também protagonista da história. 

A produção é baseada no romance do escritor argentino Gustavo Malajovich, El Jardín de Bronce, que ainda não foi publicado em português. O próprio Malajovich, aliás, desenvolveu o roteiro da série, juntamente com Marcos Osorio Vidal.

“A Buenos Aires que você vê na série é uma Buenos Aires real”, diz ao Estado, por telefone, o protagonista, humano, da trama, o ator Joaquin Furriel, nascido na cidade e que está feliz em ver como a cidade é retratada na série. “Filmamos em toda a cidade, de cima a baixo, até no subsolo, no metrô.”

Ao longo de oito episódios, os espectadores vão acompanhar a luta de Fabian (Furriel), um pai que precisa desvendar sozinho o desaparecimento da sua filha, quando a mãe da criança desiste de tudo e quando a polícia enfrenta dificuldades para investigar o caso – algo já visto algumas vezes em filmes de Hollywood. “O que diferencia a série é o espectador acompanhar Fabian de uma maneira muito íntima”, explica o ator argentino. “Creio que a solidão do personagem vai fazer com que as pessoas se sintam ao lado dele nessa busca.”

Durante algumas semanas, a partir de junho, a série dividirá as noites de domingo com a maior atração mundial da HBO, a série Game of Thrones, o que deixa Furriel animado. “Fico muito contente de participar desse projeto porque todo mundo vai poder ver como nós, argentinos, trabalhamos com histórias de ficção.”

Além de toda a América Latina, O Jardim de Bronze vai estrear em canais da HBO também nos EUA e na Espanha. “A série é bastante original e traz um tema universal”, acredita o brasileiro Roberto Rios, vice-presidente de Produções Originais da HBO Latin America, que é também produtor executivo da obra televisiva.

Com a visibilidade, série, claro, pode abrir portas para Furriel internacionalmente, mas o ator, que já trabalha também na Espanha, garante que não pensa nisso. “O mais importante para mim é o trabalho em si. Os trabalhos que trazem novos trabalhos.” E o ator se diz orgulhoso da sua atuação. “Em suas ficções, a HBO sempre tem atores em suas melhores versões, os atores estão no seu melhor com esses personagens.”

Para Joaquin Furriel, o papel de Fabian é um presente não só por conta da grandiosidade da HBO, mas também por um momento pessoal da sua vida. Em 2015, o ator, aos 40 anos, sofreu um acidente vascular cerebral. Por causa disso, ele relaciona a sua própria luta com a do seu personagem. “Quando eu tive um AVC, eu não quis ficar no papel da vítima, de uma pessoa assustada ou com medo, eu decidi seguir em frente”, conta. “Eu sinto que eu gosto mais da vida agora, quando você passa por uma situação difícil, como o Fabian também passou, você reflete muito. Ele, por exemplo, usa suas emoções para buscar respostas.”

Por abordar justamente uma história de superação, o ator acredita que será fácil para os espectadores se identificarem com o personagem. “A série trabalha os medos de uma maneira muito universal, Fabian descobre que tem outras alternativas, ele usa sua angústia para encontrar um novo sentido para a vida a partir da tragédia.”

Com oito episódios, todos com cerca de uma hora de duração, O Jardim de Bronze estreia no dia 25 de junho, às 21h, na HBO Brasil. A série será exibida de forma simultânea em toda a América Latina.

Mais conteúdo sobre:
Buenos Aires

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.