Divulgação
Divulgação

'Babilônia' amarga 4º lugar no Top 5 do Ibope

Ainda que outras novelas das 9 na Globo tenham se encaixado, em outros momentos, na condição de ser “a mais baixa audiência do horário”, nunca aconteceu de um folhetim nessa faixa amargar o 4º lugar em audiência entre os cinco programas mais vistos da emissora, segundo o Ibope. É o caso de Babilônia na semana de 22 a 28 de junho, na Grande São Paulo, onde cada ponto vale 67 mil domicílios. O 1º lugar se mantém com I Love Paraisópolis, em 25,4 pontos, seguida da partida Brasil X Paraguai pela Copa América, com 24,6 pontos. Em 3º está o Jornal Nacional (24,3) e só depois, Babilônia (21,1). No SBT, o quadro é mais grave: o programa mais visto lá é uma reprise – aliás, Carrossel, que concorre com Babilônia.

Cristina Padiglione, O Estado de S. Paulo

30 Junho 2015 | 03h00

Convém lembrar que é a segunda vez que Carrossel se mostra uma pedra no sapato de Gilberto Braga. Em 1991, quando O Dono do Mundo também teve que ser reformado, o SBT fazia boa audiência com a Professorinha Helena em sua versão original, mexicana. Na época, a atriz Gabriela Rivero até veio ao Brasil e subiu a rampa do Palácio do Planalto com o então presidente Fernando Collor de Mello. A versão atualmente reprisada pelo SBT é mais recente e foi produzida aqui, há menos de dois anos.

Muito além de Odete. Dirigido por Antonio Abujamra, o teleconto O Velho Diplomata, de 1981, com Beatriz Segall, será revisitado em um dos flashes de Persona Em Foco, programa de entrevistas com duas horas de duração que estreia hoje, na TV Cultura, às 23h30. 

“Eu sabia que ia render, o teste do sofá que eu fiz agora, antes de entrar. Obrigada, Boninho!”
Carol Paixão, PERSONAGEM DE RODRIGO SANT’ANNA, NO ‘VÍDEO SHOW’
Zeca Camargo ainda não acabou de tentar explicar sua crônica de domingo, no Jornal das Dez, da GloboNews, sobre o exagero de comoção pela morte de Cristiano Araújo. No Vídeo Show dessa segunda, o apresentador disse que queria “talvez” se “desculpar” com quem “talvez tenha entendido mal” seu texto.
...Mas, ao talvez se desculpar, Zeca acabou falando “Cristiano Ronaldo”. Corrigido por Otaviano Costa, Zeca emendou: “Foi homenagem a Fátima Bernardes” – a apresentadora também trocou o sobrenome de Cristiano, no dia da morte do cantor.
...Sertanejos prometem boicotar o programa É de Casa, novidade das manhãs de sábado, a partir de agosto, que terá o jornalista entre seus apresentadores.
...Ainda na tecla Cristiano Araújo: o Fantástico não se acanhou em anunciar como "inédita" uma entrevista exibida na última edição, fruto do quadro Bem Sertanejo, com Michel Teló. A informação logo nos faz crer que se a entrevista ainda era inédita, foi cortada na exibição original da série, no ano passado. E é isso mesmo. Cristiano foi ouvido para um episódio sobre os novos sertanejos. Na época, a edição optou por exibir apenas as entrevistas de Gusttavo Lima e Luan Santana, apenas citando Cristiano.
... A Globo argumenta que o material registrado por Teló é muito extenso e sofre larga edição para se encaixar no Fantástico.
O Gloob comemora três anos no ar com crescimento de 49% na participação de crianças na sua audiência, de janeiro a maio deste ano, em relação ao mesmo período de 2014. O feito vale para as faixas de 11h a 14h e de 17h a 21h, quando o canal infantil da Globo consegue uma vaga no Top 5 infantil (de 4 a 11 anos) da TV paga.
Gal Costa faz hoje sua 11ª visita ao talk show de Jô Soares. Comemora 50 anos de carreira e conta que conhecia “toda essa turma de cantores baianos da televisão”. “Mas eles não sabiam da minha existência. Até eu conhecer Caetano em um barzinho.”

A entrevista de Cláudia Raia ao Puro Chiquê, programa de Consuelo (Arlete Salles), será cena breve em Babilônia, hoje, mas terá boa extensão no site GShow. O copeiro Xavier (Tadeu Aguiar) tentará corrigir as gafes da patroa.
Buddy Valastro desembarca em São Paulo esta semana, bem treinado no idioma local, para as gravações do Batalha dos Confeiteiros Brasil, programa que vai ao ar pela Record e pela Discovery Home&Health, com produção da Endemol Shine Brasil.
4,2 pontos de média, audiência que a RedeTV! não vê desde que perdeu o Pânico para a Band, rendeu a edição de um ano do Encrenca, domingo à noite – ficou em 4º lugar em São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.