Amazon
Amazon

Amazon cancela 'Mozart in the Jungle', protagonizada por Gael García Bernal

O fim da premiada série é uma das primeiras decisões tomadas por Jennifer Salke, a nova presidente da Amazon Studios

EFE

07 Abril 2018 | 20h02

LOS ANGELES - Depois de 4 temporadas e 40 episódios no total, a Amazon decidiu cancelar Mozart in the Jungle, série estrelada pelo ator mexicano Gael García Bernal, informou The Hollywood Reporter. “Estamos orgulhosos das quatro temporadas que fizemos, e (estamos) gratos ao elenco, à equipe, aos fãs e à Amazon por escrever esta sinfonia com a gente. Esperamos que as pessoas continuem encontrando este show nos próximos anos", disseram os produtores executivos da série, Paul Weitz, Roman Coppola, Jason Schwartzman e Will Graham. 

Mistura de comédia e drama com a música clássica como pano de fundo, Mozart in the Jungle tinha Garcia Bernal interpretando o excêntrico e cativante maestro Rodrigo de Souza, que lutou com seus demônios criativos ao tentar encontrar o amor com o jovem oboísta Hailey Rutledge (Lola Kirke).

No elenco da série, também apareceram Malcolm McDowell, Saffron Burrows e Bernadette Peters – embora essa produção tenha também ficado marcada por incluir participações especiais de estrelas da música clássica como o maestro Gustavo Dudamel, o pianista Lang Lang, a compositora Caroline Shaw e o violinista Joshua Bell. 

Mozart in the Jungle ganhou dois Globos de Ouro em 2016 por melhor comédia ou série musical e melhor ator em uma comédia ou série musical para García Bernal.

+++ Estrelada por Gael García Bernal, série mostra os bastidores da música clássica

O fim de Mozart in the Jungle é uma das primeiras decisões tomadas por Jennifer Salke, a nova presidente da Amazon Studios, que assumiu o cargo em fevereiro.

Salke substituiu Roy Price, que renunciou ao seu cargo no Amazon Studios em outubro passado, após ser acusado de assédio sexual pela produtora Isa Dick Hackett. 

Mais conteúdo sobre:
Amazon

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.