1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

‘Alemão’ ganha versão de minissérie na Globo

- Atualizado: 12 Janeiro 2016 | 09h 11

Longa com Cauã Reymond e Antônio Fagundes será dividido em quatro episódios de 35 minutos cada, com cenas adicionais

E a Globo acumula minisséries. Na semana passada, exibiu Houdini depois de Ligações Perigosas. A partir desta terçam 12, mostra Alemão – As Duas Faces do Complexo, em quatro capítulos, no mesmo horário. Sexta maior bilheteria do cinema brasileiro em 2014, o longa de José Eduardo Belmonte teve 975 mil espectadores. Belmonte acaba de dirigir outra minissérie diretamente para a Globo, Super Max. O caso de Alemão foi diferente.

A emissora contactou o produtor Rodrigo Teixeira e propôs-lhe transformar o filme numa minissérie com quatro episódios de 35 minutos cada. “E eles queriam incorporar o jornalismo, usando imagens da invasão real do Alemão, uma coisa que gostaríamos de ter feito, mas não tivemos condições. Achei que seria interessante, mas disse que o Belmonte tinha de participar da operação. O montador Bruno Lasevicius e ele fizeram a nova versão, para a qual filmamos cenas adicionais com Heron Cordeiro e Eucyr de Souza, mostrando a ocupação do Alemão também de dentro da polícia.”

Teixeira, o mais internacional dos produtores brasileiros, gostou do resultado. “Ficou bem forte.” O filme conta a história de cinco policiais infiltrados na favela, mas eles são descobertos pelo tráfico e ficam sitiados. Têm apenas 48 horas para sair dali antes da invasão do complexo pela polícia. Embora ficcional, a história remonta a eventos que o público acompanhou em tempo real pela TV em 2010. Cauã Reymond faz o dono do morro, Antônio Fagundes, o policial que comanda a operação. Na nova versão, Eucyr de Souza é o chefe de polícia.

O produtor conversou ontem com o repórter pelo telefone, pouco antes de viajar para Nova York. Na semana que vem, segue para Sundance, onde sua produtora norte-americana terá dois filmes no festival – Indignation, que o roteirista de Brokeback Mountain, James Schamus, adaptou do livro de Philip Roth, passa dia 24 e Little Men, de Ira Sachs, dia 25. No Brasil, Teixeira tem filmes rodados de Marco Dutra, José Eduardo Belmonte e Gabriela Amaral Almeida, os dois primeiros, Era o Céu e Aurora, com Carolina Dieckman. Ele confirma que inicia, no meio do ano, Alemão 2, de novo com direção de Belmonte e Cauã e Antônio Fagundes no elenco.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em CulturaX