Caio Gallucci
Caio Gallucci

Kiara Sasso celebra a carreira em 'Silhuetas'

Uma das principais atrizes do musical brasileiro, ela interpreta mais de 20 canções de grandes espetáculos

Ubiratan Brasil, O Estado de S.Paulo

27 Março 2017 | 20h10

Bastou a menina assistir à montagem americana de O Fantasma da Ópera para ficar completamente contaminada pelos musicais. “Fiquei tão fascinada que comecei a cantar de qualquer jeito. Aí minha mãe me colocou em aulas de canto com a intenção de eu não estragar a voz, mas descobri ali minha paixão profissional”, conta Kiara Sasso, uma das mais importantes intérpretes de musicais no Brasil, dona de uma carreira invejável e que inspira o show Silhuetas, com única apresentação nesta terça-feira, 28, no Teatro Porto Seguro.

Sozinha no palco, Kiara promete um espetáculo delicado, sofisticado que, de uma forma elegante, vai delinear sua participação em musicais clássicos como A Bela e a Fera, A Noviça Rebelde, Mamma Mia e o próprio Fantasma da Ópera, que ficou dois anos em cartaz em São Paulo, recorde absoluto. 

“É um espetáculo com o qual celebro minha carreira, por isso a escolha de canções que ajudaram a me tornar a artista que sou, que, de alguma maneira, marcaram a minha vida e que mexem de alguma forma comigo”, conta ela. “Agora irei finalmente subir ao palco como Kiara, podendo dividir com as pessoas a mulher por trás das mulheres que já admiravam.”

Com direção e roteiro de Lázaro Menezes, companheiro no palco e na vida de Kiara, Silhuetas revela momentos emocionantes e também tensos - como quando ela aceitou viver Donna Sheridan, a protagonista de Mamma Mia!, em 2010. “Eu era muito jovem para o papel e, para complicar, as pessoas tinham na memória a grande interpretação no cinema de Meryl Streep que, ao contrário, era mais velha para o papel”, diverte-se. 

Acompanhada por uma banda de quatro músicos e apresentando versões em inglês e português, Kiara interpretará mais de 20 canções dos palcos e dos cinemas. “O conceito do projeto, desenvolvido ao longo de oito meses, nasceu a partir da potência e atuação de alta performance da cantora e atriz”, explica Lázaro Menezes.

Teatro Porto Seguro 

Al. Barão de Piracicaba, 740. Tel.: 3226-7300. R$ 60 / R$ 80. Terça-feira (28/3), 21 h.

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.