Axel Schmidt/Reuters
Axel Schmidt/Reuters

Wim Wenders estreia com obra de Bizet

Cineasta alemão é o diretor cênico de 'Os Pescadores de Pérolas', que começa a ser exibida no dia 24, em Berlim

EFE

19 Junho 2017 | 19h47

BERLIM - O cineasta alemão Win Wenders estreará no sábado, dia 24, na capital alemã, como diretor cênico de ópera em Les Pêcheurs de Perles (Os Pescadores de Pérolas), de George Bizet, ao lado do músico argentino-israelense Daniel Barenboim à frente da Staatskapelle e do corpo da Staatsoper de Berlim.

“Em minha primeira encenação de uma ópera, eu queria fazer algo que nunca se vira anteriormente e algo que todos os participantes tampouco houvessem dirigido, tocado ou cantado antes”, revelou Wenders, segundo um comunicado feito na sexta-feira pela Staatsoper. Barenboim foi “generoso a ponto” de conceder-lhe o desejo de que sua primeira incursão como diretor cênico em ópera fosse nesta obra em três atos escrita por Bizet aos 25 anos, com “uma música incrível” e que, “por sua história supostamente exótica passou, com frequência, injustamente despercebida”, disse ele. A obra, estreada em 1863 e programada em raras ocasiões, ficou relegada a um segundo plano pela fama da bem-sucedida Carmen, assinala o comunicado.

A ópera, cuja trama transcorre no Ceilão (atual Sri Lanka), trata de dois amigos, Nadir e Zurga, apaixonados pela mesma mulher, a jovem sacerdotisa Leïla. Para não pôr em risco sua amizade, ambos juram renunciar a seu amor por ela.

Muitos anos depois, quando Leïla torna a aparecer, os sentimentos passados tornam a aflorar e fazem perigar a promessa que os dois amigos fizeram anteriormente.

A soprano russa Olga Peretyatko-Mariotti estreará como solista em uma ópera no papel de Leïla, enquanto Nadir será interpretado pelo tenor Franceso Demuro, o personagem de Zurga ficará a cargo do barítono Gyula Orendt, e o baixo-barítono Wolfgang Schöne será o grão-sacerdote Nourabad.

Wenders é um dos cineastas alemães mais influentes tanto em nível nacional como internacional com filmes como Paris, Texas, Céu Sobre Berlim, Buena Vista Social Club e Pina.

Em 2015, Win Wenders foi indicado pela terceira vez para o Oscar por seu documentário O Sal da Terra e acaba de finalizar seu próximo longa-metragem, Submersão, com a ganhadora do Oscar Alicia Vikander e James McAvoy como protagonistas. / TRADUÇÃO DE CELSO PACIORNIK

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.