1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Velório da cantora Marlene acontece neste sábado

Previsão é de que ele dure até 15h30, quando o corpo será levado para cremação no Memorial do Carmo

RIO DE JANEIRO -  O velório da cantora Marlene, que morreu na tarde de sexta-feira, 13, no Rio, acontece neste sábado no teatro João Caetano (centro). Entre 8h e 9h, foi restrito à família e depois aberto ao público. A previsão é de que o corpo seja levado às 15h30 para o Memorial do Carmo, no Caju (zona portuária), onde será cremado. 

Velório da cantora Marlene realizado no teatro João Caetano no centro do Rio
Velório da cantora Marlene realizado no teatro João Caetano no centro do Rio

O filho de Marlene, Sérgio Bonaiuti, disse que as cinzas serão jogadas na Baía de Guanabara, para atender a pedido da cantora, uma das Rainhas do Rádio. Marlene teve falência múltipla dos órgãos depois de ser internada com pneumonia no hospital Casa de Portugal, na zona norte. “Ela foi a grande estrela do Brasil e vai continuar sendo”, disse Sérgio. 

Marlene não gostava de falar a idade. Nasceu em 1924, mas, no início da carreira, muito jovem, falsificou a certidão de nascimento para 1922 e passou a adotar a nova idade.