Soprano italiana Magda Olivero morre aos 104 anos

Ela estreou na casa La Scala, de Milão, em 1938

AP

09 Setembro 2014 | 14h38

MILÃO - A soprano italiana Magda Olivero, uma das mais proeminentes intérpretes da tradição italiana, morreu nesta segunda-feira, 8, aos 104 anos.

A agência de notícias ANSA disse que ela morreu em um hospital de Milão em que foi internada depois de um derrame em agosto.

A casa de ópera de Milão La Scala, onde Magda estreou em 1938, honrou sua memória com um momento de silêncio antes de uma performance na segunda. La Scala descreveu a voz da soprano como carismática, sua atuação como formidável e sua inteligência como "pronta e cortante até o fim".

Ela fez uma pausa nas performances depois do seu casamento em 1941, retornando aos palcos em 1958, no papel principal de uma montagem de Adriana Lecouvreur, do compositor Francesco Cilea - que acabou se tornando de seus papéis mais memoráveis nos mais de 50 anos de carreira.

Mais conteúdo sobre:
Música clássica Magda Olivero

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.