ALEX SILVA/ESTADAO
ALEX SILVA/ESTADAO

Polêmico e com novo álbum, Morrissey pode vir ao Brasil em abril

Ex-líder dos Smiths planeja turnê para divulgar Low in High-School

Andre Klojda e Thais Brunoro, ESPECIAL PARA O ESTADO

03 Outubro 2017 | 19h25

Morrissey poderá retornar ao Brasil em 2018. Segundo o jornalista José Norberto Flesch, do jornal Destak, o artista inglês fará show no país em abril do próximo ano. As datas e locais ainda não foram definidos. A terceira e mais recente passagem do ex-Smiths pelo Brasil foi em 2015, quando passou por São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.

O cantor estará em turnê para divulgar o álbum Low in High-School, o 11º da sua carreira solo. O sucessor de World Peace Is None of Your Business, de 2014, tem lançamento previsto para o dia 17 de novembro. Em Spent the Day in Bed, single já lançado, Morrissey mescla seu humor peculiar (“Passei o dia na cama/Muito feliz, sim”) com críticas que refletem os tempos de fake news: “Parem de assistir ao noticiário/ Porque as notícias maquinam para assustar você”.

Na última segunda-feira, 2, Morrissey apresentou-se nos estúdios da BBC, em Maida Vale, Londres. O repertório contou com clássicos da carreira solo do cantor, como Speedway e Jack the Ripper, além de canções que estarão no novo álbum.  O show também foi marcado por comentários políticos feitos pelo cantor: Morrissey sugeriu que a recente eleição para a liderança do UK Independence Party (Ukip) havia sido enviesada contra candidata Anne-Marie Waters, conhecida por posições duras em relação ao islamismo. Apesar de, segundo a BBC, a afirmação ter sido recebida em silêncio pela plateia, a declaração do ícone britânico tem repercutido nas redes sociais e na imprensa internacional.

Mais conteúdo sobre:
Stephen Patrick Morrissey

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.