1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Naná Vasconcelos está internado em estado grave

- Atualizado: 06 Março 2016 | 17h 32

Segundo boletim médico, o percussionista encontra-se em observação e seu quadro de saúde inspira cuidados

O músico Naná Vasconcelos, 71, está internado em estado grave na Unidade de Cuidados Semi-Intensivos do hospital Unimed III, no Recife. O percussionista deu entrada na unidade na última segunda-feira após passar mal em um show em Salvador, realizado no domingo, com o violoncelista Lui Coimbra. Nesse sábado, o quadro do músico piorou no sábado.

A coordenação do Hospital informou ao Estado que vai se reunir com a assessoria do percussionista nesta segunda,7, para atualizar as informações sobre seu estado de saúde. Em um boletim enviado pelo hospital à imprensa na tarde deste sábado, os médicos dizem que o artista "encontra-se em observação" e que o "quadro inspira cuidados". Foram diagnosticados "infecção respiratória, arritmia cardíaca e progressão de neoplasia". 

No segundo semestre de 2015, Naná Vasconcelos ficou internado mais de 20 dias passando por um tratamento contra um câncer de pulmão, descoberto em agosto. Ele procurou a emergência do hospital após voltar de uma viagem ao Rio de Janeiro, onde apresentou o show O Bater do Coração. "Pegou todos de surpresa porque ele havia feito um raio-x do pulmão no ano passado e uma revisão geral há dois meses e nada foi encontrado. Foi tudo muito rápido, um susto”, ele declarou na época.

O percussionista Naná Vasconcelos na abetura do Carnaval 2014, em Recife. ARQUIVO: 28|02|2014
O percussionista Naná Vasconcelos na abetura do Carnaval 2014, em Recife. ARQUIVO: 28|02|2014

Após o período, o percussionista foi liberado e foi otimista. "Eu tenho essa situação, e tenho que enfrentar com força, pensamento positivo. E vou enfrentar com o pensamento de que eu vou chegar lá". Apesar da doença, Naná fez questão de participar da abertura do Carnaval do Recife no Marco Zero este ano. Foi acompanhado por seus 400 batuqueiros.

 

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em CulturaX