1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Morre o rapper Phife Dawg, do grupo A Tribe Called Quest, aos 45 anos

- Atualizado: 23 Março 2016 | 10h 26

Músico enfrentava problemas de saúde e em 2008 teve que passar por um transplante de rim

O rapper Phife Dawg (Malik Taylor), MC do grupo A Tribe Called Quest, morreu nesta quarta-feira, 23, aos 45 anos. Ainda não houve um anúncio oficial, mas Taylor enfrentou problemas de saúde por anos, e em 2008 ele passou por um transplante de rim em decorrência da diabetes. As informações foram confirmadas pela revista americana Rolling Stone.

Taylor apareceu em todos os álbuns de estúdio da banda, inclusive The Low End Theory (1991) e Midnight Marauders (1993). O grupo se separou e se reuniu novamente várias vezes desde o lançamento de Love Movement (1998), o álbum mais recente. Em 2011, o diretor Michael Rapaport lançou Beats, Rhymes & Life, um documentário sobre a banda.

Phife Dawg, em Frankfurt, em 2013
Phife Dawg, em Frankfurt, em 2013
Taylor lançou um álbum solo, em 2000 (Ventilation: Da LP). Em uma entrevista em novembro, ele tinha se mostrado otimista. "Estou bem, mas tenho meus dias bons e meus dias ruins", ele disse à Rolling Stone. Ele estava trabalhando em Muttymorphosis, seu novo disco que ele esperava lançar ainda em 2016.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em CulturaX