Morre em SP o crítico Carlos Conde

Durante duas décadas, Conde foi produtor e apresentador do programa Jazz Concert, na Rádio Cultura FM

Jotabê Medeiros,

14 Outubro 2007 | 17h39

Morreu neste domingo, 14, em São Paulo, o jornalista Carlos Conde, que durante duas décadas foi o produtor e apresentador do programa Jazz Concert, na Rádio Cultura FM. Conde teve um tumor cerebral descoberto há alguns meses e, malgrada as tentativas médicas, sucumbiu à doença neste domingo, em sua residência em São Paulo. Seu corpo seria cremado esta tarde no Cemitério de Vila Alpina.   Grande especialista e colecionador de jazz e de discos de música negra americana, Conde levou o seu programa a ganhar dois prêmios da Associação Paulista de Críticos de Arte, em 1991 e em 1999, pela programação que festejava o centenário de Duke Ellington. Participou duas vezes da convenção da International Association of Jazz Education, que se realiza nos Estados Unidos anualmente.   O programa de jazz da Rádio Cultura foi extinto em julho deste ano, o que provocou reclamações dos críticos de jazz. Em entrevista ao site E-Jazz, ele disse o seguinte: "Existiu o jazz brasileiro na década de 40 e 50. Eu ouvi músicos sensacionais, como o Cipó, chamado de Maestro Cipó, que além de saxofonista era regente de orquestra e arranjador. Havia um número enorme de músicos naquela época, porém quando a bossa nova assumiu o comando da música brasileira, entrou em voga o estilo da bossa nova instrumental, que era um misto de jazz com música brasileira."

Mais conteúdo sobre:
Carlos Conde SP morre Jazz Concert

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.