Agliberto Lima/Estadão - 6/5/1999
Agliberto Lima/Estadão - 6/5/1999

Morre, aos 74 anos, o crítico musical Lauro Machado Coelho

Autor da coleção 'História da Ópera', ele foi, ainda, jornalista, tradutor e professor; velório será realizado no Theatro São Pedro

João Luiz Sampaio, Especial para O Estado de S. Paulo

01 Fevereiro 2018 | 20h07

Jornalista, crítico musical, tradutor e professor, Lauro Machado Coelho morreu nesta quinta-feira, 1º, aos 74 anos. Com passagens por diversos veículos de imprensa, ele foi crítico de música clássica e ópera do Estado, e autor da coleção História da Ópera. Seu velório será realizado nesta quinta, 1º, entre 21h e meia-noite, e nesta sexta, 2, das 7h ao meio-dia, no Theatro São Pedro.

Nascido em Minas Gerais, Machado Coelho iniciou sua trajetória profissional em São Paulo. No Jornal da Tarde, trabalhou na cobertura internacional e foi crítico de cinema, além de colaborador do Caderno de Sábado. Em meados dos anos 1990, foi coordenador dos corpos estáveis do Teatro Municipal de São Paulo. Em seguida, integrou a equipe da revista Época e, entre 2000 e 2011, assumiu a função de crítico do Caderno 2 do Estado. Foi também apresentador da Rádio Cultrura FM.

A paixão de Machado Coelho pela ópera seria transformada, no final dos anos 1990, na publicação, pela editora Perspectiva, da coleção História da Ópera, com mais de dez volumes sobre o gênero em períodos e países distintos. Também pela Perspectiva, lançou, em 2006, Shostakovich: Vida, Música e Tempo. Já pela editora Algol, publicaria volumes dedicados a Liszt, Bartók, Bruckner e Sibelius.

Machado Coelho aliava o conhecimento musical à preocupação de inserir a criação artística em seu tempo, entendendo a arte como ponto de referência para a descoberta e a compreensão da experiência humana. Sempre com linguagem clara, como anotou o crítico Décio de Almeida Prado em texto de 1999: “Ele é um fenômeno raro: a pessoa competente num determinado setor do conhecimento humano que não escreve tendo em vista apenas pessoas igualmente competentes nesse mesmo setor”.

Como tradutor, Machado Coelho foi responsável pela edição de um volume de poemas da russa Anna Akhmátova (L&PM), que seria tema da biografia Anna: a Voz da Rússia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.