Michael Jackson terá de pagar US$ 150 mil a advogados

Ordem aumenta para mais de US$ 430 mil a quantia que cantor deve à firma de advogados

Efe,

16 Outubro 2007 | 02h36

Um juiz de Los Angeles ordenou na segunda-feira, 15, o cantor Michael Jackson a pagar US$ 150 mil em honorários atrasados por serviços prestados em relação aos problemas que teve com a Justiça.   Segundo a rede de televisão CBS, a ordem aumentou para mais de US$ 430 mil a quantia que Jackson deve à firma de advogados que o processou em fevereiro do ano passado após denunciar que o cantor não havia pagado por seus serviços.   Esses serviços incluíram recursos apresentados aos tribunais em casos civis, incluindo solicitações para impedir a divulgação de detalhes das denúncias de abuso de menores contra o cantor.   Jackson, de 48 anos, foi absolvido das acusações de abuso num julgamento em 2006.

Mais conteúdo sobre:
Michael Jackson

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.