Meia hora atrasado, Spank Rock toca para poucos

Noite de domingo do TIM Festival ainda terá Björk, Juliette, Arctic Monkeys e The Killers

Felipe Lavignatti, do estadao.com.br,

28 Outubro 2007 | 20h16

A quarta noite do TIM Festival começou com meia hora de atraso neste domingo, 28, em São Paulo. Os americanos do Spank Rock subiram no palco às 19 horas, ainda com boa parte do Anhembi vazia - a fila para entrar era grande. O show durou 40 minutos e "ensaiou" animar o público apenas no final.   O quarteto formado pelo rapper Naeem Juwan, o produtor Alex Epton, Christopher Rockswell e Ronnie Darko mistura batidas de hip hop com funk. O ritmo, bem dançante, é comandado por quatro percussionistas. No final do show, os artistas se jogaram para ser carregados pelo público.   A próxima atração a tocar no TIM Festival neste domingo é o londrino Hot Chip. A cantora islandesa Björk, o primeiro dos mais esperados espetáculos da noite (que incluem Juliette and the Licks, Arctic Monkeys e The Killers), estava previsto para começar às 21h30, meia hora depois do horário marcado, se não houvesse mais atrasos.   O trânsito nas imediações do Anhembi não é caótico. Mesmo quem não vai para o TIM Festival consegue trafegar com tranqüilidade.

Mais conteúdo sobre:
TIM Festival

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.