Madonna fecha acordo com a Live Nation para álbuns e turnês

Esperado por mais de uma semana, contrato é estimado em cerca de R$ 240 milhões pelos próximos 10 anos

Yinka Adegoke, da Reuters,

16 Outubro 2007 | 17h49

Madonna assinou um contrato para álbuns, turnê e parceria de merchandising global com a Live Nation, informou a empresa de shows nesta terça-feira, 16.   A Live Nation, com sede em Los Angeles, disse que o acordo fará com que Madonna seja uma acionista da empresa, apesar de os termos financeiros não terem sido divulgados.   O acordo, que era esperado por mais de uma semana, é estimado em cerca de US$120 milhões (R$240 milhões) pelos próximos 10 anos, incluindo um compromisso de três álbuns, informou uma fonte ligada às negociações que conversou com a Reuters na semana passada.   A empresa dará uma coletiva de imprensa com investidores na tarde desta terça para discutir detalhes do acordo através do site www.livenation.com.   Gravadoras de música e artistas têm explorado novas relações, enquanto as vendas de música nas mídias tradicionais despencam rapidamente, já que os fãs têm comprado cada vez menos CD e não o suficiente de música digital para conter a queda da indústria.   "O paradigma no business da música mudou, e como artista e mulher de negócios, eu tenho que me mexer de acordo com essas mudanças", disse Madonna, segundo um comunicado.   O novo acordo também inclui negócios com a grife que leva o nome da cantora, sites de fã clube, DVDs, negócios relacionados à música, projetos de filmes e outros.   A cantora ainda tem que entregar mais um álbum para sua gravadora de longa data, a Warner Music, que será lançado ano que vem.

Mais conteúdo sobre:
Madonna Live Nation acordo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.