Serjão Carvalho/Estadão
Serjão Carvalho/Estadão

Lollapalooza 2018: Secretaria de Saúde recomenda que público tome a vacina contra a febre amarela

Autódromo de Interlagos é um dos 24 distritos com recomendação para a imunização

O Estado de S.Paulo

12 Março 2018 | 17h15

Em um comunicado oficial, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) recomenda que quem for ao festival Lollapalooza nos dias 23, 24 e 25 de março no Autódromo de Interlagos, na zona sul de São Paulo, tome a vacina contra a febre amarela.

+++ Pearl Jam, Red Hot Chili Peppers e The Killers são confirmados no Lollapalooza 2018; veja o line-up

A região do Autódromo de Interlagos é um dos 24 distritos com recomendação para a imunização contra a doença. Vale lembrar que a vacina precisa ser aplicada com até dez dias de antecedência. Esse é o período mínimo para que ela faça efeito.

+++ Lollapalooza Brasil terá três dias em março de 2018

Leia o comunicado:

"A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de São Paulo recomenda para quem vai curtir o Festival Lollapalooza, nos dias 23, 24 e 25 de março, tomar a vacina contra a febre amarela com, no mínimo, 10 dias de antecedência. O evento acontecerá no Autódromo de Interlagos, em Cidade Dutra, um dos 24 distritos com recomendação para a imunização contra a doença e que, por isso, integra a segunda fase da campanha de vacinação contra a febre amarela no município.

+++ Lollapalooza anuncia programação dia a dia

A orientação aos moradores da capital que ainda não foram imunizados e que pretendem ir ao festival é procurar uma unidade de referência para viajante ou um dos postos que esteja participando da atual fase da campanha. É importante lembrar que 10 dias é o tempo mínimo para que a vacina faça efeito.

+++ Tyler, The Creator cancela participação no Lollapalooza Brasil 2018

Para quem não reside na capital paulista, é importante já tomar a vacina antes da viagem, uma vez que é necessário o tempo para que de fato ocorra a imunização", diz o comunicado.

Para receber a dose na capital paulista, é importante apresentar a pulseira ou o comprovante de compra de acesso ao festival na unidade de saúde bem como o cartão SUS, além de comprovante de identidade. A lista das unidades que estão vacinando pode ser acessada aqui", diz o comunicado.

Red Hot Chilli Peppers, Pearl Jam e The Killers são as principais atrações da edição de 2018 do Lollapalooza. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.