Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Lollapalooza 2016: Walk The Moon mostra pop tão dançante quanto descartável

Música

RAFAEL ARBEX|ESTADÃO

Lollapalooza 2016: Walk The Moon mostra pop tão dançante quanto descartável

Banda provou a força do hit 'Shut Up And Dance'

0

Pedro Antunes,
O Estado de S. Paulo

13 Março 2016 | 15h56

O pop e sua capacidade de fazer as multidões dançarem. Canções de versos vazios, com mensagens de autoajuda baratas, rasas, mas que, de alguma forma, hipnotizam. Como se algo fosse acionado no fundo do cérebro e uma felicidade instantânea fosse injetada no sangue. De repente, se o vocalista manda você pular, as pernas se mexem sozinhas. A cabeça se esvazia. 

E o Walk The Moon é um desses casos a serem estudados. Aqui segue até uma sugestão de título para a pesquisa: "Como as canções do Walk The Moon são tão dançantes quanto descartáveis?". 

E entenda isso como um elogio torto. Esquisito, talvez. Foram poucas as atrações que subiram aos palcos do festival Lollapalooza, neste sábado, 12, e domingo, 13, que tiveram a capacidade de levar a multidão a uma sinergia dançante. Arremataram o público desde o início da performance, quando Circle of Life, canção do filme O Rei Leão, foi executada enquanto a banda subia ao Onix Stage, no início da tarde deste domingo. 

Ali, perceberam que o jogo estava ganho. Quando o vocalista é responsável pelos sintetizadores Nicholas Petricca perguntou por aqueles que nunca haviam presenciado um show do Walk The Moon, um mar de mãos foi levantado. Um primeiro encontro bem sucedido. 

O quarteto de Ohio entrega um pop no qual apenas bateria, sintetizador e voz são ouvidos. Guitarra e baixo são uma figuração, praticamente. A animação dos integrantes no palco, com saltos, caras e bocas, vale mais do que o som dos seus instrumentos. 

Até uma balada, como o início de You're Not Alone, tem a inclinação de fazer as pessoas dançarem. A plateia reage com os braços levantados, jogados de um lado para o outro quase em uma coreografia ensaiada. O hit, Shut Up and Dance, deixado para os momentos finais, é o resumo do pop da banda. Fique quieto, não pense, apenas dance. E dá certo.

Veja galeria de imagens:

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.