Kylie Minogue preocupa médicos ao anunciar turnê

Médicos pessoais da cantora dizem que estresse e o cansaço poderiam fazer ressurgir o tumor da cantora

ANSA,

26 Outubro 2007 | 12h35

A cantora australiana Kylie Minogue deixou os médicos pessoais preocupados ao anunciar que pretende dar início em maio do ano que vem a uma turnê mundial em comemoração de seus 40 anos, já que o estresse e o cansaço poderiam fazer ressurgir o tumor que a cantora venceu dois anos atrás.   Kylie foi obrigada a interromper sua Showgirl Tour em 2005 quando foi diagnosticado o câncer no seio. No entanto, nesta sexta-feira, 26, ela diz se sentir em perfeita forma, e pretende voltar a se exibir ao vivo em concertos ricos em extravagância cênica e mudanças de roupa.   A estrela não quer ouvir as razões dos doutores, "Kylie quer fazer esta turnê. Quando teve de interromper a turnê de 2005, ficou perturbada. Se fosse por ela, faria uma longa série de shows, mas os dez médicos dizem que a prioridade deve ser sua saúde, e que ela deve dedicar mais tempo para relaxar", disse uma fonte do jornal britânico Daily Express.   "Os doutores não pensam que viajar seguidamente e fazer shows todas as noites seja uma boa idéia. Conhecendo Kylie, ela irá querer dar o seu máximo, mas não poderá fazê-lo como antigamente", concluiu a fonte.

Mais conteúdo sobre:
Kylie Minogue turnê

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.