1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Jair Rodrigues morre de enfarte aos 75 anos

O Estado de S. Paulo

08 Maio 2014 | 11h 07

Cantor estava em sua casa, em Cotia, e foi encontrado na sauna

Atualizado às 20h30

Morreu na manhã desta quinta-feira, 8, aos 75 anos, o cantor Jair Rodrigues. Ele foi encontrado morto na sauna de sua casa, em Cotia, por volta de 10 horas. De acordo com seu assessor, Giuliano Spadari, a causa da morte foi enfarte do miocárdio. Jair costumava fazer sauna pelas manhãs e, neste dia, os funcionários perceberam que ele demorava muito, foram verificar e ele estava caído no chão.

O velório do corpo de Jair Rodrigues começou às 19h30, na Assembleia Legistiva de São Paulo. Já estavam presentes no local Simoninha, Washington Olivetto, Eduardo Araújo, Roberta Miranda. O corpo deve seguir às 8h para o Cemitério Gethsemani, onde acontecerá o enterro nesta sextá-feira, 9, às 11 horas.

Nascido em Igarapava, em 6 de fevereiro de 1939, Jair Rodrigues começou a carreira no final dos anos 1950. Na infância e na adolescência, trabalhou como engraxate, mecânico, ajudante de alfaiate e pedreiro. Gravou o primeiro álbum, O Samba Como Ele É, em 1963. Em 1965, passou a fazer com Elis Regina o programa da TV Record O Fino da Bossa. Entre os anos 1960 e 1970, teve grandes sucessos como Deixa Isso Pra Lá, Irmãos Coragem e Orgulho de Um Sambista. Seu último trabalho foi o CD Samba Mesmo, lançado neste ano, em dois volumes.