Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » Fãs de David Bowie prestam homenagem ao músico em São Paulo

Música

Tiago Queiroz|Estadão

Fãs de David Bowie prestam homenagem ao músico em São Paulo

Banda Heroes cancelou a participação na festa do Mirante 9 de Julho, mas público compareceu em peso

0

João Paulo Carvalho,
João Paulo Carvalho

17 Janeiro 2016 | 18h53

Centenas de fãs se reuniram no Mirante 9 de Julho, no centro de São Paulo, para participar de uma homanagem ao cantor e compositor David Bowie, que morreu no último domingo, 10. O evento contou com a performance de Ikaro Kadoshi, que interpretou músicas e personagens clássicos do camaleão do rock. A festa teve ainda a presença dos DJs Claudia Assef e Daniel Hunt.

Muitas pessoas ficaram desapontadas com o cancelamento do show da banda Heroes, que se apresentaria no local na tarde deste domingo. Segundo André Frateschi, líder do grupo, a Skol decidiu patrocinar o show sem que o grupo soubesse. "Sem nosso conhecimento o evento foi divulgado como sendo patrocinado pela Skol. Não achamos correto a empresa usar a banda e a ocasião da morte do nosso ídolo para promover-se como incentivadora da música independente", disse em sua página oficial no Facebook.

Em nota divulgada também no Facebook, a Skol afirmou que patrocina os eventos musicais do Mirante desde julho de 2015, além de fornecer toda a aparelhagem necessária para os artistas. "A Skol Music é patrocinadora dos eventos musicais do Mirante 9 de Julho desde sua abertura, em agosto de 2015. Só conseguimos proporcionar uma programação musical variada, de qualidade e gratuita para a cidade devido a este patrocínio. Qualquer banda, DJ ou artista que se apresentem no Mirante precisam de uma estrutura de equipamentos que é totalmente bancada pela Skol Music. Sem contar com os funcionários e técnicos que são deslocados para o local em pleno final de semana", afirma o texto.

Paixão por Bowie. Mesmo com o cancelamento da apresentação da banda Heroes, de André Frateschi, muitos fãs marcaram presença no evento deste domingo. Por volta das 17h, era impossível transitar pelo espaço.  Algumas pessoas se aglomeraram nas escadas e dificultavam o fluxo.

A enfermeira Débora Lair Dias Mattos, 28, pintou o rosto com o famoso raio vermelho e azul, que estampa a capa do disco Aladdin Sane (1973), de David Bowie. "Ele ajudou a quebrar as barreiras do preconceito. Fazia o que tinha vontade sem se preocupar com os outros", disse.

A estudante Júlia Danesi, 19, também veio a caráter. Tanto a pintura quanto a roupa da jovem eram idênticas a de um dos personagens mais emblemáticos de David Bowie: Ziggy Stardust. "Cresci ouvindo Bowie e a melhor época dele, para mim, é a da década de 1970. Ele é a minha maior referência. Não tinha medo de se expressar", afirma.

Em meio a tantos fãs, teve até nome de cachorro homenageando Bowie. O casal Gabriela Veiga, 25, e Gabriel Prestes, 24, batizaram o pequeno yorkshire de Ziggy. "Meu pai amava o Bowie e resolveu chamá-lo assim. Foi, realmente, uma bela homenagem", crava Gabriela. "A capacidade do Bowie de transformação é algo que devemos levar para as nossas vidas", conclui Gabriel.

 

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.