Ana Krepp/ Divulgação
Ana Krepp/ Divulgação

Em Londres, público protesta contra show de Caetano e Gil em Israel

Grupo do movimento 'In Mind' entregam panfletos e seguram cartazes e bandeiras

Ana Krepp, Especial para O Estado de S. Paulo

01 Julho 2015 | 17h05

O público do show de Caetano e Gilberto Gil esta quarta-feira, 1º, em Londres foi recebido na entrada do teatro Eventim Apollo por participantes de um protesto contra o show deles marcado para este mês em Tel Aviv, Israel.

O protesto foi orquestrado por cerca de 20 pessoas do movimento In Mind, que entregam panfletos e seguram cartazes e bandeiras desde as 18h (14h do Brasil).

"Estamos aqui para pedir que eles fiquem do lado certo e respeitem o que eles fizeram no passado em favor da liberdade", diz Abbas Alli, tanzanês que vive em Londres ha 30 anos, um dos organizadores do ato.

Com 500 panfletos impressos e cinco bandeiras, o ato prometia durar até o início do show, marcado para as 20h45.

O palestino Hussein Khalidi, 26, ajudava na distribuição dos panfletos ao público formado em sua maioria por brasileiros.

"A gente toda esta bastante receptiva com esse tema e teve ate um homem que pediu uma bandeira para levar dentro do teatro e abrir na hora do show", afirmou.

A uruguaia Lucia Cipolina, que é fã dos cantores, diz ser totalmente a favor do protesto e que Caetano e Gil não seriam os únicos a cancelar apresentações em Israel por conta da questão palestina.

"Lauryn Hill e Snoopy Dogg entre outros já cancelaram shows e foi muito válido como sinal de que o que Israel fez não será esquecido."

 

Mais conteúdo sobre:
Música Caetano Veloso Gilberto Gil

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.