Divórcio de McCartney deve ser concluído em 24 horas

No total, o divórcio de Heather Mills custará a McCartney entre 57 e 64 milhões de libras esterlinas

ANSA

10 Outubro 2007 | 15h41

O divórcio de Paul McCartney e Heather Mills será concluído em breve. Segundo a imprensa britânica, entre as próximas 24 horas o ex-Beatle poderá assinar os documentos de um acordo no qual se compromete a pagar à ex-mulher 15 milhões de libras esterlinas (cerca de 21,5 milhões de euros), mais um pagamento anual entre 3 e 3,5 milhões de libras esterlinas durante os próximos 14 anos, até que a filha do casal, Beatrice, atualmente com 3 anos, complete 18 anos.   No total, o divórcio da ex-modelo e do músico, que casaram-se em 2002, custará a McCartney entre 57 e 64 milhões de libras esterlinas. Segundo advogados, McCartney poderia ter feito um acordo por muito menos dinheiro, mas parece que a maior preocupação do cantor é garantir o silêncio da ex-mulher e por isso estaria disposto a pagar qualquer valor.   Considerando os pagamentos dos próximos 14 anos, McCartney pode estar seguro de que Heather não dará nenhuma declaração sobre o casamento pelo menos até que o ex-Beatle tenha 80 anos.   Em documento vazado para a imprensa, a ex-modelo afirmava que McCartney estava freqüentemente bêbado, que fumava maconha e que a agrediu em quatro ocasiões, tendo cortado seu braço com um copo de vidro quebrado.   Além do dinheiro que desembolsará a cada ano até que Beatrice complete 18 anos, o músico se comprometeu a pagar a escola de sua filha. Heather Mills, que já possui uma casa em Hove, na costa sul da Inglaterra, e uma casa de campo nas proximidades de Londres, não ficará com nenhum dos imóveis de McCartney.

Mais conteúdo sobre:
Paul McCartney divórcio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.