1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

David Bowie morreu por um câncer no fígado, diz diretor da peça 'Lazarus'

- Atualizado: 12 Janeiro 2016 | 15h 33

Belga Ivo van Hove esteve trabalhando com o inglês por meses na montagem do espetáculo que entrou em cartaz em Nova York recentemente

Uma fonte próxima a David Bowie nos últimos meses de sua vida, o diretor de teatro Ivo van Hove, disse a uma rádio holandesa que o músico morreu por um câncer no fígado.

"Nós começamos a colaborar na nossa montagem de Lazarus (a peça) e em um momento ele me puxou para um lado e disse que ele não estaria sempre disponível por conta de sua doença. Ele me disse que tinha câncer, câncer no fígado", disse o diretor belga para a rádio NPO Radio 4.

David Bowie se apresenta em Nova York, em julho de 2000
David Bowie se apresenta em Nova York, em julho de 2000
"Bowie ainda estava escrevendo no seu leito de morte, podemos dizer. Eu vi um homem lutando. Ele lutou como um leão e continuou trabalhando como um leão através de tudo. Eu tenho um respeito incrível por isso", comentou. "O elenco da peça não sabia e eu acredito que nem os músicos que trabalharam com ele em Blackstar. Ele fez um esforço enorme para completar esses dois projetos a tempo, para não deixar sua doença vencer", acrescentou Van Hove, de acordo com o The Independent.

Van Hove esteve com Bowie na premiere de Lazarus em dezembro, a última aparição pública do artista inglês. 

Da esquerda, o diretor Ivo van Hove, e os atores Michael Esper, Michael C. Hall e Cristin Milioti, elenco da peça 'Lazarus', em frente ao New York Theatre Workshop, em novembro de 2015
Da esquerda, o diretor Ivo van Hove, e os atores Michael Esper, Michael C. Hall e Cristin Milioti, elenco da peça 'Lazarus', em frente ao New York Theatre Workshop, em novembro de 2015

Wendy Leigh, autora do livro Bowie, a Biografia, lançado em setembro de 2014, afirmou à emissora BBC que o músico tinha outros problemas de saúde.

"Fisicamente, não tinha só que batalhar contra o câncer. Como se isso fosse pouco, também teve seis ataques do coração nos últimos anos. Sei isto por alguém muito próximo dele", afirmou.

Tony Visconti, produtor do último disco de Bowie, Blackstar, lançado na sexta-feira, afirmou que sabia da situação do músico há um ano. / COM AGÊNCIAS

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em CulturaX