Reprodução/YouTube/Pabllo Vittar
Reprodução/YouTube/Pabllo Vittar

Clipe de Pabllo Vittar volta ao YouTube após ataque hacker

O vídeo de 'K.O.', o mais visualizado da cantora, foi deletado no início da manhã pelos hackers

O Estado de S.Paulo

28 Agosto 2017 | 14h40

O clipe para a música K.O., da drag queen Pabllo Vittar, está de volta ao YouTube após ter sido deletado por hackers, que atacaram e acessaram a conta da cantora na plataforma de vídeos no início da manhã. 

O videoclipe retornou à plataforma sem alterações na sua contagem de visualizações, que marca, no momento da reportagem, com mais de 133 milhões de acessos. 

Em seu Twitter, Pabllo Vittar declarou que o ataque ao seu canal foi um ato de ódio. "LGBTfobia existe sim!", escreveu. A cantora ainda mandou um recado para os hackers. "Me aceita!" 

A assessoria da cantora, em nota ao Estado, afirmou que a cantora está tomando "providências legais e técnicas para a regularização do seu canal oficial no Youtube". "Invasões virtuais como essa são consideradas crime, assim como a discriminação demonstrada nos atos do(s) hacker(s), que não será tolerada em espaços digitais destinados à arte e liberdade de expressão", diz a nota. 

De acordo com a equipe de Pabllo, não só o canal da cantora como o e-mail de acesso foram alvo dos ataques dos hackers. 

K.O. faz parte do álbum de estreia de Pabllo Vittar, Vai Passar Mal, que chegou às lojas no início do ano. O seu próximo single, Corpo Sensual, uma parceria com Matheus Carrilho, da Banda Uó, estreia no YouTube em 6 de setembro.

Mais conteúdo sobre:
Pabllo Vittar Youtube

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.