Divulgação
Divulgação

Carta de George Harrison sobre flerte com Stax Records é revelada e está à venda

Manuscrito de 1966, época em que a banda gravava 'Revolver', foi enviado a Paul Drew e agora deve ser vendido por US$ 20 mil

O Estado de S. Paulo

26 Maio 2015 | 18h00

Uma carta escrita por George Harrison em 1966 e endereçada ao DJ Paul Drew, de Atlanta, revela que os Beatles consideraram gravar com o produtor Jim Stewart na gravadora Stax, de Memphis. Os planos, no entanto, foram abortados por questões financeiras, informa a revista Rolling Stone, que teve acesso ao documento manuscrito que será vendido pelo colecionador Jeff Gold por US$ 20 mil. “É tão especial. E as pessoas colecionam mais itens dos Beatles do que de qualquer outro ídolo”, disse à revista. 

Na carta, Harrison escreve: “Nós gostaríamos muito, mas muitas pessoas enlouquecem com ideias sobre dinheiro quando a palavra ‘Beatles’ é mencionada, então isso fracassou”.

Segundo a revista, a informação da aproximação com o estúdio já havia circulado, mas comentava-se que a questão da segurança teria impedido a parceria.

Datada de 7 de maio de 1966, quando os Beatles estavam nos primeiros estágios de gravar Revolver, foi vendida a Gold pela viúva de Drew, logo após a morte dele, em 2013. Além de DJ, Drew era diretor de programa e chegou a viajar com os Beatles entre 1964 e 1965.

Mais conteúdo sobre:
Cultura Música Beatles

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.