Bono recebe Medalha Pablo Neruda no Chile

Bono Vox, o líder da banda irlandesa U2, foi condecorado neste domingo no Chile com a "Medalha Pablo Neruda ao Mérito Cultural e Artístico". A honraria foi entregue pelo presidente Ricardo Lagos durante uma cerimônia informal no palácio presidencial La Moneda. Bono se encontra no Chile para promover nesta noite um show para esperadas 80.000 pessoas no Estádio Nacional de Santiago. Dezenas de fãs entraram em delírio quando Bono chegou ao palácio presidencial. Em breve discurso de agradecimento, Bono elogiou Neruda, o poeta chileno ganhador do Prêmio Nobel de Literatura e que dá nome à condecoração. Neruda "me comoveu muito" disse o cantor, e citou um verso do poeta: "O que rima com pobreza não é caridade. O que rima com pobreza é justiça". Lagos, que havia pouco antes recebido Bono em seu gabinete particular, não falou na cerimônia, mas presenteou o cantor com um charango, uma pequena viola típica do folclore andino chileno. "Bono me disse que as pessoas devem estudar durante toda a vida", lembrou mais tarde Lagos. "Por isso, espero que na próxima vez que vier apresentar um concerto no Chile, que tenha aprendido a tocar o charango". Bono também receberia neste domingo outra distinção: a Anistia Internacional concederia a ele o título de Embaixador da Consciência, numa cerimônia que contaria com a presença da presidente eleita do Chile, a socialista Michelle Bachelet.

Agencia Estado,

26 Fevereiro 2006 | 18h53

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.