Reuters
Reuters

Baterista Jimmy Chamberlin deixa o Smashing Pumpkins

Anúncio não deixa claro os motivos pelos quais Chamberlin, de 44 anos, decidiu abandonar o grupo

Efe,

23 Março 2009 | 17h53

Jimmy Chamberlin, o baterista da banda americana de rock alternativo Smashing Pumpkins, deixou o grupo, anunciou nesta segunda-feira, 23, em seu site o guitarrista e vocalista do conjunto, Billy Corgan.

 

O anúncio, no entanto, não deixa claro os motivos pelos quais Chamberlin, de 44 anos, decidiu abandonar o grupo, responsável por álbuns de sucesso como Siamese Dream (1993) e Mellon Collie and the Infinite Sadness (1995).

 

Um breve comunicado no site da banda explica que Chamberlin se uniu "em 1988 à banda que Corgan fundou em Chicago" e que, "desde então, tocou em todos os álbuns editados, exceto em Adore (1998)".

 

Corgan, segundo o comunicado, continuará compondo e gravando as canções, já que o Smashing Pumpkins planeja voltar aos estúdios de gravação nos próximos meses.

 

A banda já tinha se separado em 2000, mas decidiu voltar aos palcos em 2006 com Chamberlin e Corgan, junto a Jeffrey Schroeder, Ginger Reyes e Lisa Harriton.

Mais conteúdo sobre:
Smashing Pumpkins

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.