Assine o Estadão
assine

Cultura

Jimi Hendrix

Apartamento restaurado de Jimi Hendrix em Londres é aberto ao público

Quando adquiriu o imóvel, músico teria dito que essa era a 'primeira casa realmente dele'

0

Reuters

14 Fevereiro 2016 | 16h57

O apartamento em Londres onde Jimi Hendrix morou há mais de 45 anos foi aberto ao público restaurado para ter a mesma aparência dos tempos em que o astro do rock o usava.

Hendrix se mudou para o apartamento nos andares superiores do número 23 da Brook Street - perto da casa onde o compositor George Frideric Handel morara séculos antes - em julho de 1968, depois que Kathy Etchingham, a sua namorada, viu o local anunciado num jornal.

Hendrix, que morreu em 1970 aos 27 anos, escreveu músicas, deu entrevistas e fez ensaios no local. Ele disse à namorada que o apartamento era a “primeira casa realmente dele”, e ele mesmo decorou o lugar com cortinas chamativas, almofadas e um monte de ornamentos.

Em Mayfair, zona nobre de Londres, o apartamento passou por uma restauração de dois anos no valor de 3,5 milhões de dólares e agora é parte da área de patrimônio cultural “Handel & Hendrix em Londres”, que celebra os dois músicos.

Com tapetes no chão, enfeites nas paredes, velhos discos e jornais, além de um guitarra sobre uma colcha colorida, o apartamento é uma volta no tempo para Etchingham.

"É bem estranho. Depois de 45 anos estar sentada no mesmo quarto onde você sentava quando tinha 22 anos. Está bastante parecido com o que era”, afirmou ela à Reuters durante uma visita ao apartamento.

 

 

Mais conteúdo sobre:

Comentários