Charles Platiau/Reuters
Charles Platiau/Reuters

‘Origem’, novo livro de Dan Brown, é situado na Espanha

Na nova história, que será lançada ainda em 2017, Robert Langdon passa pelo Museu Guggenheim, Sagrada Família, Catedral de Sevilha e muitos outros cenários

EFE

27 Junho 2017 | 15h37

As cidades espanholas Barcelona, Bilbao, Madri e Sevilha foram os cenários escolhidos pelo escritor americano Dan Brown para situar Origem, a nova história protagonizada pelo professor de simbologia e iconografia religiosa, Robert Langdon - interpretado no cinema por Tom Hanks.

Depois de Anjos e Demônios (2000), O Código Da Vinci (2003), O Símbolo Perdido (2009) e Inferno (2013), o quinto romance protagonizado por Langdon será lançado internacionalmente no dia 5 de outubro.

Em Origem, Langdon percorrerá cenários como o Mosteiro de Montserrat, a Casa Milà (A Pedreira) e A Sagrada Família, em Barcelona, o Museu Guggenheim, em Bilbao, o Palácio Real de Madri e a Catedral de Sevilha.

Como já ocorreu com Paris, em O Código Da Vinci, com Roma, em Anjos e Demônios, e com Florência, com Inferno, os cenários de seus livros são peças-chave no enredo.

"Sempre considerei a Espanha uma terra de belos paradoxos, um lugar que possui uma rica tradição e uma rica história que, ao mesmo tempo, não deixa de mirar o futuro inovando em ciência e tecnologia”, explicou Dan Brown em comunicado.

Por isso, ele continua, “quando quis escrever uma história que mesclasse o antigo e o moderno, sabia que só podia escolher um lugar para ambientá-la”.

Dan Brown escolheu situar o livro na Espanha por esses motivos narrativos, mas sua ligação pessoal com o país também influenciou na decisão. “Espanha foi o primeiro país que visitei fora dos Estados Unidos. Eu tinha 16 anos e vivi em Astúrias com uma família maravilhosa. Durante minha visita, me apaixonei pela cultura, pela história e, sobretudo, pelas pessoas e sua língua.”

Depois, voltou 11 vezes ao país, muito mais vezes do que visitou qualquer outro país. “Inclusive assisti, durante um ano, a algumas aulas na Universidade de Sevilha”, disse.

Em Origem, Langdon vai ao Museu Guggenheim, em Bilbao, para assistir a um transcendental anúncio que “mudará para sempre a ciência”.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.