ORLANDO KISSNER /AE
ORLANDO KISSNER /AE

Morre o escritor e cientista político Luiz Alberto Moniz Bandeira

Aos 81 anos, Moniz lançou mais de 20 obras e morava na Alemanha

O Estado de S.Paulo

11 Novembro 2017 | 13h32

Morreu na tarde de onte, 10, o escritor e cientista político Luiz Alberto Moniz Bandeira hoje. O autor morava na Alemanha onde lançou clássicos como Formação do Império Americano, A Segunda Guerra Fria e A desordem mundial. Em novembro desse ano ainda lançou  as edições revistas e ampliadas de O ano vermelho - A Revolução Russa e seus reflexos no Brasil e Lênin - Vida e obra.

O professor estava internado desde o último domingo no hospital. A causa da morte e informações sobre velório e sepultamento não foram divulgadas pela família.

Moniz era honoris causa da Unibrasil e da UFBA e em 2006, a União Brasileira dos Escritores (UBE) elegeu-o, por aclamação, Intelectual do Ano de 2005, conferindo-lhe o Troféu Juca Pato, por sua obra Formação do império americano. Em 2014 e 2015 foi indicado ao Prêmio Nobel de Literatura 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.